Leões comparam João Gabriel a ministro da propaganda nazi

O jornal do Sporting publica um texto no qual o diretor de comunicação do Benfica é o capitão de uma equipa que tem atacado o clube

João Gabriel, diretor de comunicação do Benfica, é um dos visados da edição desta quinta-feira do jornal do Sporting, que o compara a Joseph Goebbels, ministro da propaganda nazi, colocando-o como o capitão de "uma equipa que joga fora das quatro linhas" para "atacar o Sporting, o seu presidente e o seu treinador".

"O capitão do onze fora das quatro linhas orquestra a doutrina que chega a cada um dos peões que, na sua maioria, pagos pela própria máquina, direta ou indiretamente, debitam sem pruridos, em uníssono, as mensagens cozinhadas", escreve aquela publicação num artigo de uma página, não assinado.

Além de João Gabriel são também citados mais dez comentadores e jornalistas que, segundo os leões, têm por hábito "atacar o clube".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG