Jesualdo confirma que já decidiu o seu futuro

Técnico dos leões afirma que "gostaria de salvaguardar os compromissos assumidos", mas sugere que há quem não o tenha feito.

O treinador do Sporting, Jesualdo Ferreira, afirmou neste sábado que recebeu uma proposta para continuar no clube e que a decisão já está tomada a nível interno, mas referiu que apenas vai ser tornada pública "no momento certo".

"O que está sem cima da mesa é a tomada de posições finais em relação a uma proposta do Sporting para continuar. A resposta terá que ser pública mas está mais que feita internamente. Eu gostaria de salvaguardar os compromissos que assumi, se outras pessoas não o fazem é um problema que não é meu", disse em conferência de imprensa de antevisão à visita de domingo ao Beira-Mar, na última jornada da I Liga.

Jesualdo Ferreira defendeu que o assunto vai ser resolvido "no momento certo", apesar de criticar algumas notícias que têm surgido na imprensa. O técnico do Sporting falou também sobre a carta que enviou a rejeitar um convite para ser presidente da Assembleia Geral da Associação Nacional de Treinadores.

"Fiz uma carta a explicar porque não vou ser presidente da assembleia geral e dada altura disse que o futuro poderia passar pelo exterior. Até parece uma grande novidade, quando eu vim do estrangeiro. Eu disse que poderia e logo se falou que já tinha um contrato fora", defendeu. O treinador do Sporting lembrou depois o percurso de alguns treinadores que permaneceram alguns anos nos clubes em Portugal, considerando que a estabilidade produz melhores resultados.

"O Sporting teve um treinador, que foi o Paulo Bento, que fez um trabalho fantástico e que foram os tempos mais estáveis e produtivos. Também o Jesus no Benfica e eu no FC Porto quatro anos e se contabilizarmos os títulos, percebe-se a importância que teve. Os clubes com mais estabilidade, produzem melhores resultados", salientou. Em relação ao jogo com o Beira-Mar, o técnico referiu que o Sporting vai jogar para ganhar.

"É um jogo para ganhar em que temos que ser tão sérios como fomos em muitos jogos que tive o prazer de estar à frente desta equipa. Jogamos uma partida que nos pode dar uma classificação melhor na tabela e em outros campos jogam-se partidas importantes e para nós é proibido que alguém possa duvidar da nossa seriedade", concluiu.

Mais Notícias