Di Matteo admite que Sporting foi prejudicado na Alemanha

Treinador do Schalke 04 reconheceu esta terça-feira que o Sporting teve razões de queixa do árbitro russo na partida de Gelsenkirchen, da Liga dos Campeões.

"Ficámos satisfeitos com os três pontos que conquistámos há duas semanas. Devo dizer que também já fomos prejudicados por decisões dos árbitros. Já estivemos do lado do Sporting, mas são situações que acontecem no futebol e que não podemos alterar", disse o italiano Roberto di Matteo, na conferência de imprensa de lançamento do jogo de quarta-feira do grupo G da Liga dos Campeões.

De resto, di Matteo revelou conhecer bem o Sporting quando respondeu à pergunta se a chave do sucesso do Schalke 04 no jogo de quarta-feira poderá estar nas fragilidades da defesa contrária: "Obviamente, não posso revelar qual a nossa estratégia ou opções táticas para o jogo. O que posso dizer é que o Schalke já mostrou no jogo de lá, na Alemanha, como deve atacar e resolver as coisas a seu favor. No entanto, reafirmo que o Sporting é um adversário forte".

Para o treinador da equipa germânica, nem a pesada derrota do Sporting em Guimarães, nem a vitória da sua equipa na receção ao Augsburgo, para as ligas portuguesa e alemã, terão qualquer influência no que se irá passar na quarta-feira em Alvalade, porque se trata de "outra competição" e porque "a mente dos jogadores já ultrapassou o que aconteceu nos jogos do fim de semana".

"Espero um Sporting idêntico ao que defrontámos em Gelsenkirchen, sem grandes alterações. O jogo de lá já passou, os jogadores do Sporting estão em pé de igualdade com os do Schalke e a partida começa com 0-0. Queremos vencer e estamos preparados, mas espero um jogo difícil, frente a uma boa equipa", disse di Matteo, para quem "cada jogo tem a sua história".

Lamentou a lesão de Julian Draxler, considerando que se trata de uma baixa importante na equipa, por ser "um jogador de grande talento, nada fácil de substituir", mas alegou que o Schalke "terá de se adaptar" à sua falta e encarar o jogo "com espírito positivo e manter a união".

Em termos individuais, di Matteo aceitou falar do ponta de lança holandês Klaas Huntelaar, pelo grande momento de forma que atravessa: "Confirmo que está num grande momento, que se movimenta bem na área e está entrosado com a equipa. Gosto de o ver jogar, mas penso que pode ainda melhorar o seu rendimento".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG