Bruno de Carvalho só quer conversar com Bruma

Presidente dos leões garante que o jogador está sob contrato, insinua a possibilidade de existir outro clube na sombra e fala em crime, mostrando-se esperançado de que o jogador não tenha recebido dinheiro de terceiros

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, teve uma reação serena aos últimos acontecimentos que envolvem Bruma que, alegadamente, já terá notificado o Tribunal de Lisboa da sua posição de que já não tem contrato com os leões.

O líder leonino diz que só quer "conversar" com o extremo, mostrando-se convicto de que o atleta aceitaria a proposta de renovação.

"O que o Sporting quer é conversar com o jogador e com os seus representantes, mas uma vez aparece um representante que diz que é muito grave e que o jogador não tem contrato, depois Bruma diz que quer renovar. O que o Sporting quer fazer é normal, ou seja conversar, dizer ao jogador a proposta que tem para ele, e não tenho dúvidas de que Bruma a aceitaria", referiu Bruno de Carvalho.

O presidente do Sporting, inclusivamente, tem uma atitude condescendente para com Bruma: "Não acredito que ele não tivesse vontade de treinar ou falar com o presidente. O Sporting está tranquilo em relação ao contrato e esperamos que o jogador não estrague a vida profissional por mau aconselhamento ou por estar a ser assediado por outro clube", insinuou o dirigente, que depois passa ao ataque aos representantes do futebolista.

"Nenhum dos representantes tem interesse em que o jogador fale diretamente com o Sporting, talvez por receio de estragar um pré-acordo que já esteja feito com algum clube. Espero que nenhum clube tenha a infelicidade de ter dado dinheiro ao Bruma, se aconteceu, estão a assediar e isso é crime porque é um jogador com contrato", salientou .

Bruno de Carvalho deu a sua opinião sobre o facto de Bruma não se ter apresentado em Alcochete. "Se calhar está doente ou não pode falar, ou alguém lhe disse que seria penalizado por falar com o Sporting. O ideal seria voltar aos treinos. O Sporting não pode primeiro negociar com um representante que, depois, deixa de o ser, depois vem outro dizer que o contrato não é valido, vem um terceiro dizer que o Bruma está muito chateado... É um orgulho para qualquer profissional ser chamado pelo presidente para renovar. Não é pressão nenhuma. O Sporting vai estar atento sobre se houve algum assédio", avisou.

Sobre a denúncia de uma tentativa de rapto, disse não ter conhecimento de nada. "Não tenho conhecimento de qualquer rapto ou tentativa de rapto, mas também não sei se ele está bem, tendo em conta que não foi ao treino".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG