Bruno de Carvalho desmente ameaças a Bruma

O Sporting emitiu esta sexta-feira um comunicado a desmentir ter um emissário na Guiné que teria feito ameaças à família do jogador

Eis o comunicado dos leões na íntegra:

O Sporting Clube de Portugal vem lamentar a notícia publicada hoje no "Correio da Manhã" com o título: «Leões ameaçam família de Bruma na Guiné». Lamentamos ter que mais uma vez fazer um esclarecimento público sobre este tema, pois, este assunto deveria ser tratado fora dos holofotes do mediatismo e com a ponderação e sigilo que merecem.

Esta notícia é totalmente falsa e lesiva do bom nome da nossa Instituição e de quem a serve. Muitas das afirmações constituem difamação e serão alvo de denúncia nas instituições competentes.

Alguns pontos que importam esclarecer:

1- A notícia refere que "emissário leonino está na Guiné". Quem tem conduzido este processo negocial sou eu, enquanto Presidente da Sporting SAD e não tenho qualquer emissário em lado nenhum para tratar deste assunto.

2- Volta o "Correio da Manhã" a fazer referência a uma alegada tentativa de sequestro/perseguição ao jogador, fazendo agora, a ligação de que este suposto emissário, "enviado pelo Sporting", faria parte do mesmo grupo.

O Sporting Clube de Portugal e a Sporting SAD são geridos por pessoas de bem, cuja missão é defender os interesses das instituições que servem e não utilizar práticas criminosas para obter qualquer resultado. Esta tentativa objectiva de denegrir o Sporting e a sua Direcção não vão deixar de ser devidamente defendidas no local próprio.

3- Lamentamos que o advogado de Bruma, a ser verdade a notícia, tenha comentado estas alegações com a resposta que tal é algo que não o "surpreende".

Tomei posse há quatro meses e desde o primeiro dia, uma das minhas prioridades, foi a de renovar com Bruma tentando resolver um assunto que considerei da máxima gravidade e prioridade, perante a inércia incompreensível dos responsáveis anteriores. Todo o processo já foi por nós relatado em outros comunicados.

Estamos conscientes da situação, confiantes que a razão nos seja atribuída pela CAP e recusamo-nos a fazer parte de um circo que apenas tem permitido a venda de jornais e uns minutos de fama para aqueles que vão surgindo do nada, no meio deste processo. Lamentamos tudo o que se está a passar em termos públicos que tem afectado e prejudicado muito, o Sporting e o jogador Bruma.

Continuamos serenamente à espera da reunião por nós solicitada, desde o regresso do jogador do Mundial "Sub20" e esperançados que o bom senso comece a imperar levando, este assunto, a uma mesa de reuniões em que as partes envolvidas não continuem a fazer deste tema uma novela nos jornais.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG