Bruno de Carvalho apresenta programa com 111 medidas

Presidente do Sporting propõe 17 normas para o futebol em Alvalade

Bruno de Carvalho apresenta, no seu programa eleitoral, 111 medidas que pretende colocar em prática num eventual segundo mandato na presidência do Sporting, 17 das quais relacionadas com o futebol profissional.

A lista de propostas não apresenta medidas revolucionárias ou surpresas, com Bruno de Carvalho a seguir a linha habitual em Alvalade e a prometer uma aposta no futebol de formação.

As 17 medidas para o futebol:

- Manutenção do aproveitamento e Reforço do gabinete de Scouting do Sporting Clube de Portugal,

- Manutenção do modelo de prospeção nacional e internacional envolvendo as academias Sporting, Núcleos, Delegações e Filiais.

- Continuar o estabelecimento de protocolos com clubes nacionais e internacionais que permitam a captação de jovens talentos.

- Reforçar a política de atração de novos parceiros e patrocinadores.

- O Presidente do Sporting Clube de Portugal terá a liderança direta do Futebol e Academia.
- À Administração caberá a implementação das políticas estratégicas do futebol, da definição da época desportiva com o apoio do treinador da equipa principal, da coordenação do trabalho entre a formação e a equipa principal, do estabelecimento dos protocolos de cooperação com outros clubes e entidades e das contratações, sempre com o acompanhamento do treinador da equipa principal e com o apoio do departamento de Scouting.

- A formação será a aposta base da política desportiva.

- Ao treinador da equipa principal caberá a responsabilidade de definir a sua equipa técnica, mas a Administração indicará sempre um elemento a integrar a equipa como treinador adjunto.

- Desenvolver o Gabinete de Alto Rendimento e Treino Especifico, por ser determinante para o desempenho regular da equipa, sendo a mesma definida pelo departamento específico e com acompanhamento do treinador da equipa principal.

- Departamento médico definido pela Administração. O departamento médico do Sporting Clube de Portugal continuará a ser alvo de uma especial atenção visto ser, também, um elemento determinante para a conquista dos objetivos, onde a aptidão dos atletas tem uma importância preponderante.

- A equipa B é uma aposta para manter no triénio assumido, mantendo os objectivos da equipa na lógica de formação do atleta e de jovens talentos como última etapa do processo de formação. No fim do triénio estudar a possibilidade de clubes satélites ou equipa B.

- Estabelecer parceria estratégica duradoura com um clube na zona norte do país de modo a reforçar a presença então importante área geográfica.

- Continuar a fomentar parcerias com clubes da I e II Liga para empréstimos que visem a valorização dos jogadores.

- Manutenção da aposta no futebol feminino.

- Nos escalões de formação da Academia Sporting terão de continuar a existir, se possível reforçar, referências futebolísticas do Universo Sportinguista.

- Manutenção do Gabinete de Apoio aos Atletas e suas famílias

- Reforço do Gabinete de Psicologia e Apoio escolar, através de uma maior ligação à comunidade educativa, abrangendo de forma transversal todos os escalões e aprofundando a sua capacidade de intervenção

Leia o programa completo

Mais Notícias

Outras Notícias GMG