"Benfica pode ser campeão europeu, nós queremos ser campeões nacionais"

Treinador do Sporting respondeu assim a uma pergunta sobre o jogo dos encarnados com o Bayern Munique na Champions...

"Foi uma boa vitória, mas difícil. O Marítimo é uma boa equipa. O Sporting foi uma equipa muito pragmática, com algumas oportunidades de golo, mas não tantas como as que criou noutros jogos. Fomos muito objetivos, conscientes do que é estar a jogar nesta ponta final e saber que não se pode errar, isso é uma situação que traz ansiedade aos jogadores. Mas até em termos emocionais estivemos bem". Foi assim que Jorge Jesus viu o jogo do Sporting com o Marítimo (3-1), afastando o FC Porto do título : "Faltam cinco jogos, e há que continuar na luta entre Sporting e Benfica, sendo que o Benfica tem a vantagem de estar em primeiro."

O treinador dos leões desvalorizou ainda a pressão de jogar depois do Benfica (que venceu a Académica, por 2-1. "Os jogadores não sabem o resultado, eu também nunca quero saber os resultados dos meus rivais e adversários. Quem está habituado a jogar para títulos tem esta pressão, antes, durante e depois. Tem que se estar preparado para isso, é o que faz os campeões", defendeu Jesus.

Para o treinador do Sporting "não se cria uma cultura de campeão em meses, mas em vários anos". Por isso, se lhe dissessem que "a cinco jornadas do fim estávamos a dois pontos do título quase que não acreditava".

Depois quando questionado sobre se vai torcer pelo Benfica na Champions por ser bom para o Sporting em termos de ranking europeu, Jesus respondeu: "Essa sua pergunta tem outro propósito, eu quero é falar do jogo de hoje. O Benfica está nos quartos-de-final da Champions, está numa prova em que nós não estamos. Eles podem ser campeões europeus, nós estamos a lutar para sermos campeões nacionais."

Nelo Vingada queria mais

Para o treinador do Marítimo o Sporting teve a sorte do jogo. "O que tínhamos idealizado praticamente tudo se cumpriu na primeira parte, excetuando o golo, onde houve um pouco de sorte do Sporting e azar nosso. Estou convencido de que se virássemos com 0-0 o jogo tinha sido mais complicado para o Sporting. Fomos pressionantes, obrigamos o Sporting a jogar para trás, o que não é normal", disse Nelo Vingada, concluindo: "Demos uma imagem daquilo que o Marítimo vale. O Marítimo da primeira parte é o verdadeiro. Não estamos satisfeitos com o resultado mas os jogadores estão de parabéns pela entrega."

Mais Notícias

Outras Notícias GMG