Avançados do Sporting valem... 1 golo

Carvalhal deixou Liedson a descansar em Lisboa e fez viajar para Berlim dois avançados apenas: Helder Postiga e Carlos Saleiro. Esta época, só um deles já fez o gosto ao pé. E só uma vez.

Não é mero senso comum dizer que o ataque do Sporting "é" Liedson. É uma conclusão que os números ajudam a validar. Hoje, em Berlim, frente ao Hertha (18.00 horas), os leões vão jogar pela primeira vez esta época sem o avançado brasileiro, autor de 9 golos na actual temporada - quatro na Liga, três nesta Liga Europa e dois na Taça de Portugal. Carvalhal chamou apenas dois avançados, Saleiro e Postiga, para o desafio no Olímpico de Berlim. Juntos, valem até agora um golo no Sporting 2009/2010.

Carlos Saleiro foi o "felizardo": frente ao Ventspils, em Alvalade, em jogo da Liga Europa, o jovem avançado foi titular ao lado de Liedson e fez o golo do empate do Sporting frente aos letões. Para além desse, Saleiro, famoso por ser o primeiro bebé proveta português, participou em apenas mais sete jogos ao longo da época - e só foi titular uma outra vez, frente ao Penafiel, para a Taça de Portugal. Golos é que nem mais um.

Pior está Hélder Postiga, ainda a seco esta época. O internacional português é o segundo avançado mais utilizado do plantel, atrás de Liedson, com 989 minutos em 19 jogos. Mas nem um golo para amostra em competições oficiais - marcou dois na pré-temporada.

Caicedo, que ficou em Lisboa e deve deixar o Sporting em Janeiro, também está em branco. Yannick Djaló, actualmente lesionado, marcou dois golos no início da temporada, na Liga portuguesa.

Dos 12 golos marcados por avançados do Sporting esta temporada, nove são de Liedson. O que seria do ataque dos leões sem o brasileiro? Berlim vai ajudar a dar a resposta, a partir das 18.00 de hoje.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG