Sporting entregou à FPF documento a provar que tem 22 títulos nacionais

Leões esperam ver reconhecidos como títulos nacionais as quatro vitórias no Campeonato de Portugal

O Sporting anunciou esta quinta-feira que entregou esta quarta-feira ao presidente da Federação de Futebol (FPF) um parecer histórico e independente intitulado "Os campeonatos nacionais de futebol de 1921 a 1940".

De acordo com o emblema leonino, o documento, "idóneo e independente, foi elaborado pelos historiadores professor doutor Diogo Ramada Curto e doutorando Bernardo Pinto Cruz e reforça a justiça da pretensão do Sporting de ver reconhecidos todos os 22 títulos nacionais de futebol que conquistou desde que foi fundado em 1906".

O Sporting socorre-se de notícias de jornais da altura para alegar que o vencedor do Campeonato de Portugal era reconhecido como campeão nacional.

"Da apreciação da natureza das provas, de um ponto de vista histórico, concluiu-se que, para lá de uma semelhança cronológica entre o processo de institucionalização do Campeonato de Portugal de 1920 a 1926 e o processo de consolidação das Ligas de 1934 a 1937, o caráter experimental destas últimas deriva de um conflito de critérios - o elitista e o territorial - que tiveram origem na votação do regulamento provisório do 1.º Campeonato de Portugal de 1921/1922", argumenta o emblema leonino.

"A ideia de que o Campeonato Nacional da I Divisão e a Taça de Portugal são a continuação, sob outra designação, das Ligas e do Campeonato de Portugal é falsa e tem origem num equívoco lamentável da direção da Federação, que é ilegal de um ponto de vista procedimental, contrário às decisões do Congresso Extraordinário de Agosto-Dezembro de 1938 e insustentável de uma perspetiva histórica atenta à evolução dos sentimentos, das atitudes e dos comportamentos, bem como à reconstituição das formas concretas de imaginar a nação. Depois desse congresso, completou-se a viragem final que vinha sendo preparada desde 1934 - a hierarquia das provas mudou. Até 1938, o título máximo era o Campeonato de Portugal", acrescentam os leões, que não são campeões desde 2001-02.

Há quatro anos, a direção de Bruno Carvalho iniciou a luta para que os quatro triunfos no Campeonato de Portugal fossem reconhecidos como títulos nacionais. Porém, a FPF decidiu que o Sporting continuava a ter 18 títulos de campeão nacional, ao invés dos 22 que decidiu passar a reclamar desde junho de 2016.

Na altura, a Federação Portuguesa de Futebol confirmou que o Campeonato de Portugal, realizado entre 1922 e 1938, antecedeu a Taça de Portugal.

O Sporting reclamava uma versão diferente, alegando que esta competição deveria ser considerada como o campeonato nacional.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG