Sporting com estádio interditado por um jogo por causa de Rúben Amorim

Em causa a falta de habilitações do treinador campeão nacional. Leões têm ainda de pagar uma multa de 9563 euros.

O Sporting foi punido com um jogo à porta fechada, devido à falta de habilitações do treinador Rúben Amorim, anunciou o Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Os leões foram punidos de acordo com o artigo 82.º do Regulamento de Competições da Liga de clubes, que define a habilitação dos treinadores, e pela prática de infração disciplinar no artigo 118.º do Regulamento Disciplinar (Inobservância qualificada de outros deveres). O Sporting terá ainda de pagar uma multa de 9563 euros.

Neste aspeto, Rúben Amorim viu o seu processo ser arquivado, "em virtude de prescrição do procedimento disciplinar".

O Sporting e Rúben Amorim foram absolvidos das acusações de falsas declarações e fraude e de fraude na celebração dos contratos, com a acusação ao clube de quadro técnico sem as habilitações mínimas a ser arquivada.

Este processo iniciou-se com uma participação apresentada pela Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF), em março de 2020, que, segundo o clube, resultou na "acusação contra a Sporting SAD e o seu treinador Rúben Amorim, alegando existir fraude na inscrição de Rúben Amorim como treinador, e pretendendo ver o mesmo condenado a uma sanção de um a seis anos de suspensão de atividade".

Rúben Amorim foi ainda constituído arguido num processo disciplinar, juntamente com o Sporting de Braga, "sobre o cumprimento dos deveres relativos às suas habilitações mínimas para as funções contratadas e os correlativos deveres que impendem sobre as sociedades desportivas de manterem um quadro técnico conforme aos normativos exigidos e, de todos os agentes, celebrarem contratos não dissimulados".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG