Sócios do Belenenses aprovam cedência de parcela do Restelo ao Lidl

Proposta apresentada pela direção do clube foi aprovada com 190 votos a favor, um contra e quatro abstenções

Os sócios do Belenenses aprovaram na quinta-feira, em Assembleia Geral (AG) Ordinária do clube, a cedência do direito de superfície da parcela cinco do complexo do Estádio do Restelo à cadeia de supermercados Lidl.

Na AG, realizada no Pavilhão Acácio Rosa, os 195 sócios presentes aprovaram, por maioria, a proposta apresentada pela direção do clube, com 190 votos a favor, um contra e quatro abstenções.

Durante a intervenção aos sócios, o presidente do Belenenses, Patrick Morais de Carvalho, adiantou que o negócio com o Lidl vai render ao clube 6,6 milhões de euros (ME) em rendas durante os 50 anos de vigência do acordo, ou seja cerca de 11 mil euros por mês.

O líder dos 'azuis' revelou ainda que a cadeia alemã de supermercados vai, igualmente, responsabilizar-se pela dívida que o clube tem para com o Banif, no valor de 5,4 ME: "O Lidl vai comprar o crédito do Belenenses ao Banif e, com isso, vamos conseguir reduzir o passivo para menos de metade."

Na parcela cinco do complexo do Estádio do Restelo, que está situada junto às bancadas do topo sul do recinto, será igualmente edificada uma 'Loja Azul' bem como os serviços administrativos do clube, sem quaisquer encargos para os 'azuis', segundo referiu Patrick Morais de Carvalho.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG