15.ª edição do Estágio do Jogador terá Silas como treinador

O presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) cumpriu hoje a "responsabilidade social" do organismo, ao apresentar a 15.ª edição do Estágio do Jogador

Evangelista salientou que, desde 2002, ano em que se realizou pela primeira vez a iniciativa, participaram 893 jogadores, dos quais 529 celebraram contrato profissional durante o período de estágio, o que se traduz numa taxa de sucesso de 61%.

"Duvido que haja, tanto no desporto, como em outras atividades, alguém que possa apresentar esta taxa de sucesso. O Sindicato assume desta forma a sua responsabilidade social nesta área", observou o líder sindical, em conferência de imprensa, em Lisboa.

Além da vertente desportiva, a 15.ª edição do Estágio do Jogador, que se vai realizar entre 3 de julho e 31 de agosto, no Complexo Desportivo do Jamor, contará com uma vertente formativa, de caráter obrigatório, destinada a melhorar a qualificação dos atletas.

"É muito difícil para um jogador que não tem contrato e é por isso que esta ação assume ainda maior importância. É uma grande iniciativa do sindicato e não tenho dúvidas de que continuará a ter sucesso", disse o ex-internacional português Pedro Barbosa, embaixador desta edição.

Durante o estágio, que terá como treinador principal Silas, participante em 2015 enquanto futebolista, uma equipa será selecionada para disputar o Torneio Internacional da FIFPro, que será realizado em Kunice, na República Checa, entre 12 e 14 de julho.

A iniciativa do SJPF conta com o apoio da Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto, da Federação Portuguesa de Futebol e da Liga de clubes, entre outros.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG