Shakespeare garante que não há rancores entre ele e Ranieri

Antigo adjunto do italiano, agora ao comando, diz que é hora do Leicester seguir em frente

Craig Shakespeare garantiu esta segunda-feira não haver qualquer tipo de "rancor" entre si e Claudio Ranieri, a quem substituiu no comando técnico do campeão inglês de futebol Leicester, clube do qual era adjunto desde 2011.

"É claro que sou parte da 'mobília' da casa, mas já é hora de que todos sigamos em frente. Não tenho ressentimentos, Claudio não tem rancores, temos de seguir em frente como um clube de futebol" disse Shakespeare na véspera de receber o Sevilha na segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões.

Shakespeare era adjunto de Ranieri, a quem substituiu em fevereiro, nove meses depois de o italiano ter levado o Leicester a inédito título de campeão em Inglaterra e 45 dias após ter sido eleito o melhor treinador do Mundo na gala FIFA.

O novo treinador do Leicester contabilizou dois triunfos em outros tantos jogos, nomeadamente 3-1 nas receções ao Liverpool e Hull City de Marco Silva, estando agora três pontos acima da 'linha de água'.

Shakespeare admitiu que ele e Raniei não se falaram desde que substituiu o seu antigo chefe de equipa, mas lembrou que Ranieri lhe desejou "sorte" e que não terá "nenhum problema" em estar em contacto com o seu antecessor.

O próximo desafio do Leicester é terça-feira, na receção ao Sevilha, nos oitavos de final da Liga dos Campeões, precisando de reverter a derrota 2-1 sofrida em Espanha.

"Será uma ocasião especial no [estádio] King Power. A atmosfera será elétrica. Espero que a equipa aproveite o impulso dos dois triunfos para ter a confiança que estes motivaram e jogue para ganhar. Isso não quer dizer que atuaremos abertos, pois sabemos que o Sevilha tem muitos jogadores de classe mundial. Será muito interessante pelo golo que fizemos fora", concluiu.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG