Rui Jorge: "Qualquer equipa é forte. Agora vamos estudá-las"

Rui Jorge, selecionador nacional de sub-21, numa primeira análise ao sorteio da fase de grupos do Euro 2015, destaca que o importante é estudar os adversários para conseguir um bom desempenho na prova.

O selecionador de futebol sub-21, Rui Jorge, desvalorizou nesta quinta-feira o sorteio do Europeu 2015, considerando ser "prematuro" avaliar se Inglaterra, Itália e Suécia são os adversários ideais para Portugal na República Checa, de 17 a 30 de junho.

"Nesta altura, com o grupo reduzido a oito equipas (fase final), é complicado dizer se é difícil. Qualquer equipa é forte. É indiferente. Foram os países que nos saíram e vamos concerteza estudá-los bem para podermos ter um bom desempenho", disse.

Em declarações ao sítio da federação, Rui Jorge falou em "começar a analisar as equipas" e sublinhou o facto de ser "prematuro" dizer se alguma é "mais difícil e não", assumindo que nesta fase apenas estão em competição "grandes equipas".

Portugal ainda vai disputar um particular com a Inglaterra, mas o técnico rejeita a ideia de que o jogo seja um "teste" para a fase final.

"Nada tem a ver. Até nos propósitos com que vamos encarar o desafio. Nada tem a ver com a preparação para o Europeu", insistiu.

Inglaterra, Itália e Suécia são os adversários de Portugal no grupo B do Euro2015 de futebol, com os pupilos de Rui Jorge empenhados em chegar às "olímpicas" meias-finais, de 17 a 30 de junho, na República Checa.

Um lugar entre os quatro primeiros -- o outro grupo (A) é constituído por República Checa, Alemanha, Sérvia e Dinamarca -- vale uma vaga nos Jogos Olímpicos do Rio 2016.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG