Ronaldo já marcou a 12 seleções que vão estar no Mundial

Das 31 equipas presentes na Rússia, o capitão já defrontou 20. Mas nunca conseguiu marcar a Espanha, Brasil, Alemanha e França

Há 12 seleções presentes no Mundial da Rússia que já sofreram golos de Cristiano Ronaldo desde que o avançado português se estreou pela equipa portuguesa - a 20 de agosto de 2003, num jogo particular diante do Cazaquistão em que entrou para o lugar de Luís Figo.

Se tivermos em conta o facto de CR7 nunca ter defrontado 11 das seleções que estão na fase final do Campeonato do Mundo que arranca esta quinta-feira, a conclusão é simples: só oito equipas não foram brindadas com golos do capitão português. E neste lote estão algumas das candidatas, casos da Alemanha, Espanha, França e Brasil, às quais Ronaldo nunca conseguiu marcar pela seleção A.

Cristiano Ronaldo apontou um total de 23 golos a 12 das seleções que estão presentes na Rússia. A maior vítima de CR7 é de longe a Suécia, que em seis confrontos com o melhor do mundo encaixou... cinco golos. Só num jogo, relativo ao play-off de apuramento para o Mundial 2014, na Friends Arena, em Estocolmo, Ronaldo marcou três aos nórdicos e ao guarda-redes Andreas Isaksson, num jogo que valeu o passaporte para o torneio do Brasil e no qual Ibrahimovic ainda bisou.

Logo a seguir à Suécia, as vítimas preferidas de Ronaldo são a Dinamarca e a Rússia, anfitriã deste Mundial, que sofreram três golos cada do capitão luso. De resto, Arábia Saudita, Bélgica, Egito, Irão, Argentina, Islândia, Croácia, Panamá e Polónia completam o lote de 12 seleções que já sofreram golos de CR7.

Tendo em conta os adversários de Portugal na primeira fase do Mundial, esta sexta-feira Ronaldo pode quebrar um enguiço no jogo de estreia da equipa das quinas em solo russo. Mas para terminar esta malapata é preciso que o capitão luso consiga marcar à Espanha, seleção onde tem vários colegas de equipa do Real Madrid, casos de Sergio Ramos, Carvajal, Nacho, Isco, Lucas Vázquez e Marco Asensio.

O avançado português já defrontou o país vizinho em quatro ocasiões (entre jogos oficias e particulares venceu duas vezes, empatou uma e foi derrotado uma vez), mas ficou sempre em branco. Em novembro de 2010, no Estádio da Luz, num jogo particular que terminou com o triunfo de Portugal por 4-0, Ronaldo ia marcando um golaço a Casillas, num lance em que sentou Piqué e fez um balão ao guarda-redes do FC Porto. Mas Nani foi emendar em cima da linha de golo e o árbitro anulou o lance por fora de jogo, numa jogada em que ficaram muitas dúvidas, até porque a bola parecia já estar dentro da baliza. CR7 não escondeu a sua frustração e ficou célebre o gesto que fez com a mão, em sinal de roubo.

Contra Marrocos, o segundo adversário de Portugal, cujo jogo está marcado para o dia 20, CR7 não marcou porque nunca defrontou a equipa africana. Frente ao Irão, o terceiro oponente da seleção nacional na fase de grupos (dia 25), Ronaldo tem apenas um jogo efetuado e marcou à seleção na altura orientada por Branko Ivankovic de grande penalidade. Foi a 17 de junho de 2006, num jogo da fase de grupos do Mundial da Alemanha em que a seleção portuguesa treinada por Luiz Felipe Scolari venceu por 2-0 - o outro golo foi da autoria de Deco.

Como já referimos, há oito seleções nesta lista de 31 a quem Ronaldo nunca conseguiu marcar, apesar de as ter defrontado. Neste lote existem quatro que são candidatas a vencer o Mundial. A Espanha já foi mencionada, mas há ainda os casos da Alemanha (quatro jogos em que CR7 não marcou), França (quatro jogos) e Brasil (três jogos).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG