Portugal goleia na Letónia com carimbo de Ronaldo

A seleção portuguesa venceu com o capitão em destaque; dois golos, que lhe permitem ser já o terceiro melhor marcador de sempre em seleções europeias, e uma assistência. Qualificação direta para a Rússia continua a ser possível

Portugal conseguiu esta sexta-feira um triunfo importante e fundamental para continuar a depender de si próprio na qualificação direta para o Mundial.

O resultado dá uma certa ideia de facilidades mas até aos 41' a Letónia bareu-se muito bem e percebeu-se que até chegou a acreditar num resultado que pudesse surpreender a Europa do futebol.

Contudo, nesse minuto, André Gomes centrou para José Fonte que, ao segundo poste, atirou ao poste. Na recarga estava lá o matador do costume, Cristiano Ronaldo. O mais difícil estava feito e para trás ficava aquela sensação de equilíbrio que desapareceu a partir do momento em que o madeirense inaugurou o marcador.

No segundo tempo, Portugal até teve uma atitude melhor no reinício, contudo, um erro de Fonte e uma falta de Gelson deixaram Portugal em apuros. Na falta do jogador leonino, Laizans proporcionou uma enorme defesa a Rui Patrício. O empate esteve à vista mas entre os 63 e os 67 minutos o encontro ficou sentenciado. Primeiro com o bis de Ronaldo, um golo fácil a passe de Quaresma que tinha rendido Gelson e depois por André Silva num lance que mostrou a força de vontade do avançado portista. Primeiro recuperou a bola junto a um defesa que tentava sair a jogar, passou a William, este deu a Ronaldo que solicitou André Silva que, na passada e com classe, meteu a bola no fundo da baliza.

Até final pouco houve a registar, a não ser a entrada de Nani que permitiu, por momentos, Portugal recuperar a dupla de ataque do Europeu, com Nani e Ronaldo na frente.

Mantém-se a esperança de Portugal conseguir qualificar-se diretamente para o Mundial, pois ainda continua em posição de poder vencer no último jogo a Suíça que ontem ganhou por 2-0 nas Ilhas Faroé.

Já o play-off parece mais do que garantido até devido à surpreendente derrota da Hungria em Andorra (0-1)

Mais Notícias

Outras Notícias GMG