Miguel Ángel López nomeado director geral da candidatura

Gilberto Madaíl e  Angel Maria Villar estiveram hoje reunidos para tratar de pormenores importantes da organização conjunta ao Mundial de 2018 (e também de 2022)

Os responsáveis pela Candidatura Ibérica, os presidentes das federações de futebol portuguesa e espanhola, Gilberto Madaíl e Angel Maria Villar, estiveram reunidos hoje, em Lisboa, onde formalizaram a nomeação de Miguel Ángel López como director geral da organização conjunta aos Mundiais de 2018 e 2022. 

Ángel Lopez é director de jogos da Real Federação Espanhola de Futebol.

A Candidatura ibérica terá um ‘stand’ promocional  durante o Congresso da FIFA, a realizar em Joanesburgo antes do início do Mundial 2010, onde serão dadas a conhecer as virtudes da Espanha e de Portugal e o objectivo de conseguir com esta candidatura a organização do Campeonato do Mundo 2018 (ou 2022).

Os peritos da FIFA (entre 5 a oito técnicos) vão visitar Espanha e Portugal, de 30 Agosto a 2 Setembro, e elaborarão um relatório que avaliará as condições favoráveis ou não dos estádios, infra-estruturas, transportes, hotéis, etc. das cidades candidatas.  Portugal contribui apenas com três Estádios (Luz, Dragão e Alvalade).

O site da organização Ibérica deverá ficar activo em breve.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG