Infantino cumpre promessa e assiste ao derradeiro ensaio

Presidente da FIFA estará em Portugal em junho para visitar a recém-inaugurada Cidade do Futebol e aproveita para ver o jogo com a Estónia, o último de Portugal antes do Euro

O presidente da FIFA vem a Portugal em junho. Segundo soube o DN, Gianni Infantino tem viagem marcada para Lisboa para cumprir a promessa de visitar a Cidade do Futebol e assistir ao jogo da seleção nacional com a Estónia, marcado para o dia 8 de junho, às 19.45, no Estádio da Luz .

O líder do organismo que rege o futebol mundial tinha sido convidado pelo presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, para a inauguração da Cidade do Futebol, no final de abril. Mas, como não pôde estar presente - já tinha uma deslocação agendada à América do Sul -, prometeu "uma visita em breve, ainda antes da fase final do Euro 2016 para rever os amigos e conhecer a Cidade do Futebol", escreveu Infantino, numa carta enviada ao líder da FPF.

O dirigente suíço prepara-se assim para cumprir a promessa feita ao amigo Fernando Gomes. Infantino visitará a seleção na véspera da viagem para França. Portugal joga no Estádio da Luz com a Estónia, no dia 8, e segue depois, dia 9, para Marcoussis, nos arredores de Paris, local de estágio da seleção (treinará no Domaine de Bellejame, complexo de treinos da federação francesa de râguebi).

A Federação Portuguesa patrocinou a candidatura do ex-secretário-geral da UEFA ao cargo mais alto do futebol mundial e tem sido peça importante no aconselhamento do líder da FIFA, nas reformas do organismo. Duas delas vão passar pela mão de dois portugueses a trabalhar com ele: Miguel Poiares Maduro e Luís Figo.

O antigo ministro adjunto e do Desenvolvimento Regional do Governo de Passos Coelho vai liderar o Comité de Governação da FIFA . Já Figo, que chegou a ser candidato à presidência do organismo, vai assumir a vice-presidência do Comité de Desenvolvimento.

Infantino visitará Portugal, depois de o antecessor, Joseph Blatter, o ter feito em 2015, quando compareceu na gala do centenário da Federação (tal como Michel Platini, então líder da UEFA). E, quando o fizer, já Fernando Gomes terá sido reeleito, salvo algum imprevisto de última hora. As eleições da FPF estão marcadas para o dia 4 de junho.

O atual presidente e candidato à presidência da Federação vai apresentar hoje (15.00) o programa para o mandato 2016/20, na sede do Comité Olímpico de Portugal, em Lisboa. Fernando Gomes foi o único candidato a apresentar listas para os órgãos sociais da FPF.

Demissão polémica na FIFA

Joseph Blatter "nunca" conheceu "alguém mais honesto do que Markus Kattner", secretário-geral interino da FIFA, que foi demitido após acusações de favorecimento pessoal com bónus financeiros, na presidência do suíço.

O ex-presidente disse à AFP estar "atónito" com a dispensa de Kattner, que assumiu interinamente o cargo de secretário-geral após o afastamento de Jérôme Valcke, também demitido por irregularidades várias, no caso de corrupção que abalou a FIFA.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG