Éder quer ser opção válida para o onze de Paulo Bento

Avançado do Sp. Braga não considera estar em desvantagem perante Helder Postiga e Hugo Almeida na luta pela titularidade

O avançado Éder disse esta sexta-feira que quer ser uma opção válida para o "onze" da seleção portuguesa de futebol na fase final do Mundial2014, mas reconheceu que, num "grupo de elite", isso não será tarefa fácil.

"Sempre tive esperança [de ser selecionado]. É claro que é difícil estar neste grupo de elite, mas estou bastante confiante. Vou trabalhar, dar o máximo, sei que tenho grandes jogadores ao meu lado, mas vou trabalhar de melhor forma para ser opção", observou o avançado, de 26 anos.

O jogador do Sporting de Braga rejeitou que possa estar em desvantagem na corrida pelo lugar de ponta de lança com Hélder Postiga, segundo melhor marcador de Portugal na fase de qualificação, com seis golos, e Hugo Almeida, as duas primeiras escolhas do selecionador Paulo Bento.

"Não penso nisso, estamos todos a trabalhar da mesma forma. Respeito os meus colegas e vamos trabalhar em conjunto para que tudo possa surgir", assinalou Éder, em declarações aos órgãos de comunicação social antes do treino no Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril.

Depois de uma época marcada por várias lesões, o avançado sente-se a 100 por cento e a "crescer cada vez mais", sonhando, por isso, em conseguir algo mais na fase final do Mundial, que se vai realizar no Brasil: "Gostaria de marcar, ainda que o mais importante é que os objetivos do grupo sejam alcançados".

Objetivos que passam, em primeira instância, pela qualificação para os oitavos de final, e depois "ver o que acontece" na fase a eliminar, numa prova em que "todas as equipas são difíceis", mas sem esquecer que a equipa lusa também tem "muita qualidade".

"Agora estamos concentrados no grupo e em limar algumas arestas. Vamos todos tentar fazer o nosso melhor, com o objetivo de ajudar Portugal e é isso que vai acontecer", assegurou o avançado bracarense, um dos menos internacionais do grupo, com seis presenças pela "equipa das quinas".

Apesar das ausências do avançado Cristiano Ronaldo, melhor marcador da história da seleção nacional, com 49 golos, e os defesas Pepe e Fábio Coentrão, que se preparam para disputar a final da Liga dos Campeões, Éder observou que os restantes 20 jogadores convocados estão a "trabalhar muito bem".

O avançado desejou "toda a sorte do mundo" aos jogadores do Real Madrid no encontro marcado para sábado, no Estádio da Luz, em Lisboa, mas também ao compatriota Tiago, médio do Atlético de Madrid, a outra equipa finalista.

Portugal integra o grupo G do Mundial2014, em conjunto com a Alemanha, frente à qual se vai estrear, a 16 de junho, em Salvador, os Estados Unidos, que defrontará a 22, em Manaus, e o Gana, último adversário na primeira fase de prova, a 26, em Brasília.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG