Santa Clara impôs a 1.ª derrota ao campeão num enorme jogo de futebol

Sporting foi aos Açores perder por 3-2. Foi apenas a segunda derrota nos últimos 51 jogos no campeonato. Jogo com cinco golos (e todos espetaculares) terminou com leões reduzidos a 10.

Um enorme jogo de futebol, de intensidade máxima, com cinco golos e de resultado imprevisível até ao fim. Esta sexta-feira, nos Açores, o marcador acabou por sorrir ao Santa Clara, que assim impôs a primeira derrota no campeonato ao campeão Sporting - a segunda em 51 jogos, o que diz bem do feito dos açorianos que nunca tinham vencido os leões nos 12 encontro anteriores. No dia 26, as equipa voltam a encontrar-se nas meias finais da Taça da Liga.

A ver o jogo pela televisão e a orientar a equipa de casa como se estivesse a jogar PlayStation, Rúben Amorim apostou no central Luís Neto, no lugar do também infetado com covid-19 Gonçalo Inácio, e via Palhinha e Matheus Reis dividir para reinar no meio campo. Aos dez minutos Matheus ficou atrás sozinho e deu liberdade a João Palhinha para subir no terreno e encher o pé para fazer um golaço, num remate de fora da área que entrou juntinho ao poste.

O Santa Clara até tinha entrado melhor no jogo e Cryzan tinha avisado Adán do perigo que podia representar, mas estar a perder aos dez minutos de jogo não era bom sinal tendo em conta que os leões têm a melhor defesa do campeonato e não seria fácil empatar (ou dar a volta ao marcador como aconteceu no segundo tempo). Mas foi o que Jean Patric fez num belo golo de cabeça que traduzia o bom trato que a bola estava a ter no relvado açoriano. O lance começa com uma abertura de Lincoln, com a bola a sobrar para Sagna que cruzou de oferta para Patric brilhar aos 30 minutos. Uma jogada perfeita com o mérito de ter batido o melhor quarteto defensivo do campeonato.

E se Sarabia mostrava todo o esplendor do seu pé esquerdo e dava largura ao ataque leonino, Pedro Gonçalves (aos 34 e 39 minutos) podia ter dado nova vantagem aos leões, mas mostrou que a seca de golos que dura há nove jogos (nunca esteve tanto tempo sem marcar golos) estava para durar. A fechar a primeira parte a equipa de Tiago Sousa ainda reclamou uma grande penalidade, num lance dividido entre Matheus Nunes e Cryzan, mas o árbitro Rui Costa mandou seguir e o empate manteve-se até ao apito para recolher aos balneários.

Regresso louco e reviravolta no marcador!

A boa atuação de ambas as equipas deu aos treinadores margem para regressar do intervalo com os mesmos. E o equilíbrio continuou embora com ascendente ofensivo da equipa leonina, que se colocou em vantagem de novo. Pedro Gonçalves pode andar longe dos golos, mas a qualidade que empresta ao jogo ofensivo dos leões é impressionante. Ele conseguiu picar a bola de forma teleguiada por cima da defesa açoriana e servir o espanhol Sarabia, que recebeu na área e fez o 2-1 de primeira. Mais um golaço e com a particularidade de ter sido com o pé direito do esquerdino!

Os adeptos ainda estavam a desfrutar do lance quando os açorianos responderam na mesma moeda. A boa pressão sobre a bola e sobre o homem que tinha a bola mostrava um Santa Clara com uma intensidade como quase nunca tinha mostrado esta época. E com o acréscimo do golo. Desta vez foi Jean Patric que lançou Lincoln para o empate um minuto depois do golo leonino.

O empate atordoou um pouco o leão e partiu o jogo. Também porque os técnicos sentiram necessidade de refrescar as equipas. E foi um dos jogadores que entraram, Ricardinho a promover a reviravolta no marcador e com ajuda leonina. Um falhanço incrível de Esgaio que deixou a bola em Lincoln, que correu, fintou e serviu Ricardinho para fuzilar Adán, que pela primeira vez sofreu três golos no campeonato.

Depois foi defender até ao fim, enquanto o Sporting tentava impedir a primeira derrota na I Liga 2021-22 com Coates na frente ao lado de Paulinho... que teve o empate nos pés aos 90"+4", mas falhou escandalosamente! Depois Daniel Bragança ainda foi expulso e o campeão foi mesmo derrotado pelas águias dos Açores... a última derrota tinha sido com as águias de Lisboa (Benfica) em maio.

VEJA OS GOLOS

0-1 Palhinha (Sporting)

1-1 Jean Patric (Santa Clara)

1-2 Sarabia (Sporting) e 2-2 Lincoln (Santa Clara)

3-2 Ricardinho (Santa Clara)

isaura.almeida@dn.pt

Mais Notícias

Outras Notícias GMG