"Ronaldo? Não vamos perder o sono a pensar nisso"

Uruguai. Selecionador Óscar Tabárez diz que "não há um jogador que possa parar" CR7, mas garante não estar "obcecado" com o luso

O capitão da seleção nacional, Cristiano Ronaldo, foi o grande protagonista da conferência de imprensa de ontem do selecionador uruguaio Óscar Tabárez e do avançado Luis Suárez. O treinador de 71 anos elogiou o craque português, mas não quer a sua equipa demasiado concentrada em pará-lo.

"Cristiano Ronaldo é um jogador de elite. É um grande avançado, com grande potencial, e ao preparar a partida focámo-nos especialmente no adversário, tomando em consideração o nível de todos os jogadores. Isso é bastante importante. O que o Ronaldo tem, além de tudo, é que é o líder da equipa, e isso é um fator adicional. Não há um jogador que o possa parar, temos que trabalhar coletivamente para tentar segurá-lo e limitar o efeito que pode ter. A qualidade fará do jogo de amanhã [hoje] um grande jogo, mas certamente não vamos perder sono a pensar nisso. Vamos levar a sério, mas não vamos ficar obcecados com isso", assegurou Tabárez, que aludiu à "qualidade" da equipa das quinas. "Nove dos jogadores que vão entrar em campo são campeões da Europa. Isso mostra a qualidade de Portugal", acrescentou.

Também o atacante do Barcelona, Luis Suárez, abordou o tema Cristiano Ronaldo, mas garante que a rivalidade entre os catalães e o Real Madrid não vai ser levada para Sochi, cidade que acolhe o jogo de hoje (19.00). "Em relação à rivalidade nos clubes, isto é diferente. Tentamos fazer o melhor possível para a nossa seleção. Estamos todos aqui a defender a nossa seleção, isso é fundamental. O Ronaldo vai dar tudo de si para ganhar", assegurou.

Campeã europeia é alvo a abater

Luis Suárez reconheceu que está num momento de forma "muito melhor do que na primeira partida", frente ao Egito, e prometeu um nível motivacional alto para bater a seleção campeã europeia. "Não precisamos de motivação adicional. Eles são campeões da Europa e não há maior motivação do que essa. Vou preparar-me de acordo com o valor deles. Posso dizer que ninguém vai estar a conter-se", prometeu, perspetivando duelos difíceis com Pepe e José Fonte. "O Pepe jogou 10 anos no Real Madrid e o Fonte também é um grande jogador", anteviu.

Óscar Tabárez também lembrou que Portugal é campeão da Europa, mas quer que a sua seleção não altere a forma de jogar por respeito ao adversário. "Fizemos tudo o que era possível até aqui, preparámos muito bem o jogo e vamos tentar vencer. O objetivo é esse. É claro que o adversário é de alta qualidade, que estamos no Campeonato do Mundo e sabemos que não vai ser simples, mas não perdemos muito tempo a pensar como o jogo se pode desenvolver. Sabemos jogar, já demonstrámos isso na nossa trajetória e repito: ambas as equipas têm coletivos muito fortes", vincou, à procura de manter o registo invicto - três vitórias em outros tantos jogos - e sem golos sofridos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG