Tiago Pires frente a Kelly Slater na Califórnia

O surfista português, 20.º no circuito ASP, também se irá bater com o norte-americano Taylor Knox, 32.º.

O surfista português Tiago Pires vai defrontar os norte-americanos Kelly Slater, 11 vezes campeão mundial, e Taylor Knox na primeira ronda do Hurley Pro, da sexta etapa do Circuito Mundial ASP.

Segundo o sítio oficial da ASP, "Saca", 20.º do circuito, vai bater-se com os veteranos Slater, quarto, e Knox, 32.º, no terceiro "heat" da primeira eliminatória do campeonato norte-americano.

Pires e Slater já se defrontaram seis vezes em competições, com três triunfos para cada. O embate mais recente ocorreu nas meias-finais do Quiksilver Pro Gold Coast, em 2011, quando Slater contabilizou 16,77 pontos, contra 8,2 do português, garantindo a presença na final e remetenado "Saca" para o terceiro lugar do campeonato australiano.

Com esse triunfo, o mítico surfista norte-americano, de 40 anos, repetiu os triunfos de Mundaka, Espanha, em 2007, e da eliminatória "tripartida", no Quiksilver Pro France, em 2003, e empatou o "contencioso" com Tiago Pires, de 32, que tinha levado a melhor no Billabong Pro Santa Catarina, Brasil, em 2010, no Rip Curl Pro Search, na Indonésia, em 2008, e no Quiksilver Pro France, em 2009.

Na prova de Trestles, cujo período de espera decorre entre domingo e 22 de setembro, o australiano Mick Fanning, atual líder do circuito e campeão em 2007 e 2009, vai estrear-se frente ao havaiano Fredrick Patacchia e ao norte-americano Conner Coffin, no sexto "heat".

O também australiano Joel Parkinson, segundo no "ranking", vai bater-se com o compatriota Bede Durbidge e com Evan Geiselman, na quinta bateria, imediatamente depois do havaiano John John Florence, terceiro da hierarquia, enfrentar Kai Otton e Dusty Payne.

O Hurley Pro antecede a "perna europeia" do circuito, que tem passagens pela South West Coast, em França, entre 28 de setembro e 09 de outubro, e por Peniche, em Portugal, de 10 a 21 de outubro.

Em 2011, Slater sagrou-se vencedor do Hurley Pro, ao bater na final o australiano Owen Wright, enquanto o português Tiago Pires terminou entre os 25.ºs classificados, após ter sido eliminado pelo australiano Kieren Perrow na ronda de repescagem.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG