Sara Moreira recebida com muita emoção

Uma centena de pessoas, entre familiares, amigos e adeptos de Sara Moreira, receberam hoje com muita emoção a nova campeã europeia dos 3.000 metros em pista coberta, que admite estar a viver "o momento mais alto da carreira".

"Durante a corrida não pensei nada. Apenas que queria muito ganhar. Que era aquele o meu momento e não poderia deixar fugir esta oportunidade de ser campeã da Europa. Foi a recompensa de muitos anos de trabalho, sacrifício e esforço", resumiu a atleta de 27 anos, brindada com dezenas de rosas atiradas pelos muitos que a esperavam no aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto.

Sara Moreira ganhou com dois segundos de avanço para a rival alemã, mas só após a meta festejou: "Em Helsínquia (Europeus 2012) cometi o erro de festejar antes de chegar à meta. Agora só o fiz depois de cortar a meta e ter a certeza que tinha ganhado".

A atleta admitiu estar "muito nervosa" antes da eliminatória, porém o seu triunfo na mesma aumentou-lhe a confiança de que o ouro era possível, tendo-o conquistado "com muita concentração e motivação, bem como com a certeza de que estava em condições".

"Acredito que tinha forças para muito mais. Mas foram as precisas para ganhar, que era o que queria. Já tinha ouvido algumas vezes o hino para outros atletas. Agora foi comigo, uma emoção muito grande. Tão grande que é impossível mostrar", admitiu, já após ser cumprimentada por largas dezenas dos que a foram congratular.

Sara Moreira deixou uma mensagem aos portugueses: "Espero que este triunfo tenha um significado muito especial. Que as pessoas percebam que, apesar de todas as dificuldades da vida, é preciso continuar a lutar e acreditar que é possível. Foi assim comigo. Atravessei momentos muito difíceis na carreira, ainda jovem, mas hoje sou campeã da Europa. É sinal de que é possível".

A atleta admite que esperava ter os familiares e amigos mais próximos no aeroporto, mas manifestou-se surpresa com "tanta gente": "É indescritível. Sei que tenho pessoas maravilhosas na minha vida, mas não contava com esta receção. Devo-lhes muito do que sou. Estou no céu. Ainda não pus os pés na terra".

"Este é, sem dúvida, o ponto mais alto da minha carreira. Ser campeã da Europa era algo que ambicionada há muito tempo. Só percebi no final, quando cortei a linha da meta e tinha toda a gente a aplaudir. Vai mudar a minha forma de acreditar, de querer mais e melhor", vincou.

A atleta agora só pensa em "descansar" e deixa para mais tarde a definição de novos objetivos: entretanto, com humor, garante que o pai "ainda vai cortar o bigode" e assim cumprir a promessa feita pelo seu êxito.

Sara Moreira, que esteve nos Jogos Olímpicos de Pequim2008 e Londres2012, tinha conquistado a prata em Barcelona 2010 e o bronze em Helsínquia 2012, ambas nos 5.000 metros.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG