Rainha do mergulho em apneia desaparecida nas águas de Formentera

Russa Natalia Molchanova mergulhou no domingo e não voltou à superfície

Considerada a melhor atleta do mundo no mergulho em apneia (sem recurso a oxigénio de auxílio), a russa Natalia Molchanova, de 53 anos, está desaparecida desde domingo nas águas do Mediterrâneo, ao largo de Formentera, uma das Ilhas Baleares espanholas, e as possibilidades de ser encontrada com vida são quase nulas.

A unidade especial de atividades submarinas da Guardia Civil espanhola suspendeu as buscas esta quarta-feira. As tentativas para encontrar o corpo de Molchanova vão prosseguir à superfície até ao próximo domingo, anunciaram as autoridades.

Molchanova é a atleta mais condecorada do mundo no mergulho em apneia, com um total de 40 recordes ao longo da carreira. Atualmente, detém a melhor marca em sete especialidades. Entre os feitos de Molchanova estão um recorde de nove minutos e dois segundos debaixo de água, em apneia estática, fixado em 2013, ou o facto de ter sido a primeira mulher a baixar dos 100 metros de profundidade em apneia com peso constante (101 metros, em 2011).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG