Nishikori desiste e Djokovic está na final de Miami

O tenista japonês Kei Nishikori anunciou esta sexta-feira a sua retirada do Masters 1000 de Miami na sua página no Twitter, oferecendo a passagem direta à final ao sérvio Novak Djokovic.

"Lamento muito dizer que tenho de desistir. Estou muito desapontado e, obviamente, lamento muito pelos fãs que queriam vir a este jogo", disse Nishikori.

O tenista de 24 anos, que eliminou o suíço Roger Federer para alcançar as meias-finais, as segundas da sua carreira num Masters 1000, não especificou a razão para o seu abandono, mas os responsáveis do torneio de Miami indicaram que o japonês tem uma lesão na virilha.

Termina assim da pior maneira a caminhada bem-sucedida de Nishikori, que se tornou o primeiro tenista asiático a atingir as meias-finais de Miami desde o tailandês Paradorn Srichaphan em 2003.

"Vou trabalhar com a minha equipa médica para ficar saudável o mais rápido possível", completou em comunicado na sua página no Facebook.

A sua retirada permite ao número dois mundial, o sérvio Novak Djokovic, atingir a segunda final consecutiva de um Masters esta temporada.

Campeão no primeiro Masters da temporada, em Indian Wells, vai defrontar o vencedor do encontro entre o número um mundial, o espanhol Rafael Nadal, ou o checo Tomas Berdych, que afastou o português João Sousa na terceira ronda.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG