Nelson Évora na final do triplo salto

O português Nelson Évora qualificou-se para a final do triplo salto dos Europeus de atletismo, ao conseguir 16,82 metros na segunda tentativa da qualificação, em Zurique, na Suíça.

Depois de um primeiro ensaio a 16,64 metros, a um centímetro da qualificação direta (16,65 metros ou os 12 melhores), o atleta do Benfica alcançou 16,82, que era o melhor registo entre os 21 participantes, após dois ensaios.

Campeão olímpico em 2008 e mundial em 2007, Nelson Évora, que em 2014 já registou 16,97 metros (05 de julho, em Saint-Denis, França), vai disputar a final na quinta-feira, a partir das 19:10.

Nélson Évora, que efetuou os dois saltos com vento contrário, de 0,3 m/s, acabou batido no terceiro ensaio - do qual prescindiu - pelo russo Lyukman Adams (16,97 metros) e pelo francês Benjamin Compaoré (16,83).

O quarto campeão olímpico da história do desporto e do atletismo português foi o segundo atleta luso a qualificar-se para uma final em Zurique, depois de Marco Fortes, que garantiu um lugar entre os 12 melhores do lançamento do peso, graças aos 20,03 metros registados ao terceiro ensaio da qualificação.

Depois de 19,19 metros, no primeiro lançamento, e 18,86, no segundo, o atleta do Benfica selou o 10.º melhor registo da qualificação (passavam os 12 primeiros ou quem conseguisse 20,12 metros) na última tentativa. A final começa às 18:34.

Por seu lado, Ricardo dos Santos garantiu um lugar nas meias-finais dos 400 metros, ao bater um dos mais antigos recordes nacionais nas eliminatórias, com 45,81 segundos, que lhe valeu o segundo posto da terceira série.

O também atleta do Benfica retirou 30 centésimos de segundo ao anterior máximo, que pertencia a Carlos Silva, desde 22 de maio de 1996, dia em que registou 46,11 segundos, no Estádio Universitário, em Lisboa.

Pelo contrário, foram eliminados Marta Onofre (24.ª, com 4,15 metros) e Cátia Pereira e Maria Leonor Tavares (empatadas no 25.º, com 4,00), na vara, Carla Tavares (32.ª, com 11,78 segundos), nos 100 metros, e Alberto Paulo (24.º, com 8.47,18 minutos), nos 3.000 obstáculos.

Na sessão vespertina, Dulce Félix vai defender do título na final dos 10.000 metros, em que será acompanhada por Sara Moreira, também candidata ao pódio, e Salomé Rocha. Além destas, estarão em ação Cátia Azevedo (400 metros), Yazaldes Nascimento e Digo Antunes (100 metros) e Sandy Martins (800 metros), nas eliminatórias.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG