Marcos Chuva ganha medalha de bronze

Um salto em comprimento de 8,15 metros deu ao atleta português Marcos Chuva a medalha de bronze nas Universíadas de Verão, na Rússia.

O atleta português Marcos Chuva conquistou esta sexta-feira a medalha de bronze do salto em comprimento das Universíadas de Verão, que estão a decorrer em Kazan, Rússia.

Marcos Chuva conseguiu como melhor salto 8,15 metros, com vento favorável de +1,2 metros por segundo, que é a sua melhor marca do ano e mínimo para os Campeonatos do Mundo, que se vão disputar em Moscovo de 10 a 18 de Agosto.

Venceu a prova o mexicano Luis Alberto Rivera, com 8,46 metros, o que lhe dá a liderança mundial do ano. Em segundo classificou-se o russo Alexander Menkov, com 8,42.

O saltador português só chegou à medalha no seu sexto e último salto, ultrapassando por um centímetro apenas o russo Sergey Polyanskiy, até então o adversário que se encontrava em terceiro lugar.

Marcos Chuva, de 23 anos, tem um recorde pessoal de 8,34 metros em 2011, ano em que foi 10.º classificado nos Mundiais de Daegu, Coreia do Sul.

Em Kazan, esta é a segunda medalha de bronze conseguida por desportistas portugueses, depois de André Alves no judo, categoria de -73 kg.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG