João Sousa "cai" 16 lugares e deixa top 50

O tenista português João Sousa, eliminado à primeira no torneio de Kuala Lumpur, onde defendia o título de 2013, "caiu" 16 lugares na classificação do circuito profissional, surgindo hoje na 52.ª posição.

O número um português, que uma semana antes tinha chegado à final do torneio francês de Metz, teve uma passagem curta por Kuala Lumpur, perdendo praticamente todos os pontos conquistados na edição de 2013 do torneio da Malásia.

Este insucesso de João Sousa abriu caminho para uma das maiores sensações desta temporada, o japonês Kei Nishikori, que sucedeu ao português na "galeria dos campeões" de Kuala Lumpur e alcançou hoje a melhor classificação de sempre na hierarquia, o sétimo posto.

Finalista do último "Grand Slam" da temporada, o Open dos Estados Unidos, Nishikori, que disputou em Kuala Lumpur o primeiro torneio depois de Flushing Meadows, conquistou o sexto troféu da carreira, o terceiro este ano.

No topo da classificação, o sérvio Novak Djokovic continua a comandar confortavelmente a lista do ATP Tour, com uma margem de 3.485 pontos sobre o espanhol Rafael Nadal, que continua a recuperar de lesão.

Em femininos, Michelle Larcher de Brito subiu 14 posições na classificação, aparecendo hoje no lugar 124, graças à presença na final do ITF (segundo escalão) de Las Vegas, nos Estados Unidos.

Tal como sucede no circuito masculino, a líder do "ranking", Serena Williams encabeça a classificação com uma vantagem confortável sobre a perseguidora direta, a romena Simona Halep, a 3.394 pontos da norte-americana.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG