João Grilo faz história apesar de ser eliminado no Lisboa Open

O jogador da Académica de Coimbra tornou-se o primeiro português a vencer um jogo numa fase onde já estão presentes os melhores praticantes mundiais.

João Grilo viu nesta sexta-feira esfumar-se o sonho de se qualificar para a segunda eliminatória do Lisboa Open, ao perder por 4-1 com o inglês Michael Holt, mas fez história na prova portuguesa, quinta e penúltima etapa do circuito europeu.

O jogador da Académica de Coimbra, de 24 anos, tornou-se o primeiro jogador luso a vencer um jogo numa fase onde já estão presentes os melhores praticantes mundiais, como o seu adversário de hoje, 23.º classificado do ranking e que já conquistou dois títulos no circuito profissional.

Depois de ultrapassar o nervosismo inicial, que permitiu a Holt impor-se por categórico 73-10 no jogo de abertura, em apenas 16 minutos, João Grilo ganhou uma longa batalha pela última bola preta do segundo frame, que durou mais de meia hora.

O jogador português construiu uma boa entrada de 41 pontos e apesar de ter partido para a disputa da derradeira bola a perder por 52-50 beneficiou de um erro de Holt, que a deixou em cima do buraco superior direito e João Grilo apenas teve de a empurrar para estabelecer o 57-52 final.

O inglês, de 36 anos e profissional desde 1996, retomou o controlo das operações nos dois jogos seguintes, que venceu com relativa facilidade, por 74-21, em 12 minutos, e por 122-5, em 11, ficando a apenas um triunfo de assegurar a passagem à segunda ronda.

Uma falha no sistema elétrico do pavilhão do Casal Vistoso obrigou à interrupção do encontro durante perto de 20 minutos antes do último frame, no qual Holt confirmou o favoritismo, recebendo o aperto de mão de João Grilo com o resultado em 100-8, em menos de um quarto de hora.

O dia ficou também marcado pela tacada máxima - 147 pontos - obtida pelo inglês Ben Woollaston, que embolsou todas as bolas vermelhas com as correspondentes pretas, antes de completar a sequência final, no encontro frente ao compatriota Joe Steele, que venceu por 4-0.

Nos outros da primeira eliminatória já concluídos destacou-se o triunfo do inglês Barry Hawkins, número cinco do mundo e o jogador mais bem posicionado no ranking que está em competição, sobre o compatriota Chris Norbury, por 4-1, bem como o sucesso do inglês Joe Perry (13.º) sobre o chinês Zhang Anda, por 4-0.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG