Carlos Almeida bate recorde nacional nos 200 metros bruços

O português Carlos Almeida bateu hoje o recorde nacional absoluto dos 200 metros bruços nos Campeonatos do Mundo de natação, que se disputam em Barcelona até domingo.

O nadador dos norte-americanos Cardinal Aquatic, de Louisville, bateu a sua própria marca, que detinha desde os Jogos Olímpicos de Pequim2008, retirando 13 segundos ao anterior máximo (2.13,34), ao nadar a distância em 2.13,21 minutos.

"Bater o recorde nacional foi insuficiente, sou bem melhor do que 2.13, esperava baixar essa marca. Não vim aos Mundiais apenas para bater recordes, queria pelo menos chegar a uma meia-final, mas não foi possível", disse Carlos Almeida em declarações ao sítio da Federação Portuguesa de Natação.

Apesar do registo e de ter vencido a sua eliminatória, com o terceiro recorde nacional batido em Barcelona, o nadador olímpico, de 24 anos, falhou o acesso às meias-finais da distância, ao terminar na 23.ª posição das eliminatórias.

Terça-feira, Carlos Almeida estabeleceu também um novo recorde nacional dos 50 metros bruços, com o tempo de 28,16 segundos, depois de domingo ter batido um novo máximo nos 100 metros bruços.

Também Pedro Oliveira entrou em ação nos 200 metros costas, tendo terminado em 19.º lugar, com a marca de 1.59,95 minutos. O nadador português registou o tempo de 1.59,95 minutos, acima do recorde nacional absoluto de 1.58,83 que detém desde os Jogos Olímpicos de Londres2012.

"Foi um mau resultado. Passei muito lento à passagem dos 100 metros. Foi uma prestação abaixo do esperado, especialmente nos 200 costas", disse Pedro Oliveira que representa também o Cardinal Aquatics no final da prova.

Simão Morgado é o único representante português sexta-feira em competição. O nadador vai alinhar na pista 9 da quinta série (seis no total) dos 100 m mariposa, apresentando-se com o 29.º tempo de inscrição (53,26 segundos).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG