Oficial. Zidane deixa o Real Madrid

Clube espanhol terminou época sem troféus. Iniciativa partiu do treinador francês.

Os rumores confirmaram-se. O Real Madrid anunciou esta quinta-feira a saída do treinador Zinedine Zidane, na sequência de um temporada em que o clube não conquistou qualquer título. O clube, através de comunicado, informou que foi o próprio técnico que tomou a decisão, agradecendo todo o trabalho.

"O Real Madrid anuncia que Zinedine Zidane decidiu terminar o seu período como treinador do nosso clube. É agora tempo de respeitar a sua decisão e mostrar a nossa gratidão pelo profissionalismo, dedicação e paixão ao longo de todos estes anos, e por aquilo que a sua figura representa para o Real Madrid. Zidane é um dos grandes mitos do Real Madrid e a sua lenda vai além do que tem sido como treinador e jogador do nosso clube. Ele sabe que está no coração do madridismo e que o Real Madrid é e será sempre a sua casa", pode ler-se na nota emitida pelo Real.

Esta é a segunda vez que Zidane 'bate com a porta' no Real Madrid, depois de em 2018 ter renunciado ao cargo, poucos dias depois de ter conquistado o terceiro título consecutivo na Liga dos Campeões, com os espanhóis a baterem na final o Liverpool por 3-1.

Zinedine Zidane, 48 anos, estava a cumprir a sua segunda passagem pelos merengues. O Real terminou a época 2020/21 em segundo lugar na liga espanhola, atrás do rival Atlético de Madrid, foi eliminado nos 16 avos de final da Taça do Rei de Espanha, nas meias-finais da Supertaça espanhola e nas meias-finais da Liga dos Campeões.

Mas o currículo de Zidane fala por si. Ao serviço do Real Madrid conquistou duas ligas espanholas, três Ligas dos Campeões, duas Supertaças de Espanha, duas Supertaças Europeias e dois Mundiais de clubes.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG