Nelson Veríssimo volta ao 'leme' do Benfica um ano e meio após render Bruno Lage

No mesmo dia em que recebeu a notícia da morte da sua mãe, vítima de uma doença prolongada, Veríssimo assume o comando técnico dos "encarnados".

O treinador Nelson Veríssimo regressou esta terça-feira (28 de dezembro) ao 'leme' da equipa principal de futebol do Benfica, um ano e meio após ter substituído Bruno Lage no comando dos 'encarnados' nas últimas cinco jornadas da I Liga de 2019/20.

Tal como nessa época, mas agora bem mais cedo, o até agora líder da equipa secundária dos 'encarnados' foi chamado para assegurar a liderança do grupo após um período de 'tempestade', que resultou no afastamento do treinador principal do clube, e já orienta a equipa no treino de hoje, a dois dias da vista ao FC Porto.

Então, Veríssimo acompanhou Bruno Lage, na condição de adjunto, na promoção à equipa principal na época anterior, para substituir Rui Vitória, que acabou com a conquista do último título de campeão nacional do clube da Luz.

Agora, ascende em 'nome próprio' à equipa principal e até final da temporada, para render Jorge Jesus, com 'pergaminhos' de líder da II Liga de futebol, onde somou 10 vitórias em 15 jogos na presente temporada, que colocam os 'bês' com uma distância de quatro pontos do segundo classificado, o Feirense.

Na primeira passagem pelo comando da equipa principal, numa época atípica, que terminou apenas em agosto devido à pandemia de covid-19, Veríssimo somou um empate e quatro vitórias na I Liga, com destaque para o triunfo sobre o Sporting (2-1) na última jornada da competição.

Não foi suficiente para 'anular' a distância, que terminou em cinco pontos de atraso, para o FC Porto, que se sagrou campeão nacional e conquistou a Taça de Portugal com uma vitória (2-1), precisamente, sobre o Benfica, naquele que foi o último jogo de Veríssimo à frente da equipa do Benfica.

Curiosamente, a estreia da segunda passagem de Veríssimo será igualmente frente ao FC Porto, na quinta-feira, na 16.ª jornada da I Liga.

O técnico abandonou o clube no final dessa primeira passagem pelo comando da equipa principal, mas voltou sete meses depois, em março deste ano, para suceder a Renato Paiva à frente da equipa B, a partir da 14.ª jornada, quando esta se encontrava em 15.º lugar da II Liga, apenas dois pontos acima da zona de despromoção.

Terminou tranquilamente no oitavo lugar, após oito vitórias e sete empates em 21 jogos, e transitou para a presente época, onde a equipa secundária se tem destacado com apenas duas derrotas no competitivo campeonato do segundo escalão nacional.

Enquanto jogador, Nelson Veríssimo fez quase toda a formação nos 'encarnados', onde ingressou em 1989, oriundo do Atlético Povoense, ainda com idade de infantil (sub-13).

Estreou-se na equipa principal em 1995/96, onde alinhou em apenas três encontros, uma época antes de ser emprestado ao Alverca, para nunca mais voltar ao Benfica na condição de jogador.

Antes de iniciar a carreira de treinador, como adjunto de Luís Norton de Matos, na primeira época do projeto da equipa B do clube da Luz, Veríssimo representou ainda a Académica, o Vitória de Setúbal, o Fátima e o Mafra.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG