Diana Durães e Victoria Kaminskaya falham finais dos Mundiais de natação

Diana Durães competia em 400 metros livres, Victoria Kaminskaya em 200 metros estilos

As nadadoras portuguesas Diana Durães (400 metros livres) e Victoria Kaminskaya (200 metros estilos) falharam hoje o apuramento para as respetivas finais dos Mundiais de natação, que decorrem em Budapeste.

Diana Durães ainda venceu a sua série, a segunda, ao nadar em 4.10,07 minutos, tempo que lhe conferiu o 13.º posto global, falhando assim um lugar entre as oito nadadoras que vão participar na final.

Com esta marca, Diana Durães bateu o recorde nacional absoluto, sendo que o anterior máximo (4.13,34) já pertencia à nadadora do Benfica desde 12 de março de 2016, em Oeiras.

"Nunca me senti tão bem como nesta prova. Esperava bater o recorde pessoal, mas este resultado superou muito as minhas expectativas. Nadei sempre sozinha, procurei arriscar e passar rápido na primeira metade da prova. Depois, nos últimos 100 metros, foi sofrer até ao fim", disse Diana Durães, citada pela assessoria de imprensa da Federação Portuguesa de Natação, pouco depois de bater o recorde nacional e já a pensar nas próximas provas de 200 e 800 livres.

A norte-americana Katie Ledecky efetuou o melhor tempo entre as quatro séries, cumprindo a prova em 3.59,06 minutos, novo recorde dos campeonatos.

Kaminskaya foi oitava na segunda série do dia e 24.ª no global, ao cumprir a prova dos 200 metros estilos em 2.14,33 minutos, tendo a britânica Siobahn O'Connor efetuado o melhor registo com 2.10,42.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG