Morreu Sabine Schmitz, a rainha de Nurburgring

Piloto tinha 51 anos e lutava contra um cancro desde 2017. Foi apresentadora do programa Top Gear da BBC.

Era conhecida como a rainha de Nurburgring e morreu esta quarta-feira. Sabine Schmitz tinha 51 anos e lutava contra um cancro desde 2017.

A notícia da morte da antiga piloto alemã e ex-apresentadora do popular programa televisivo Top Gear da BBC foi dada pela organização do circuito alemão: "Nurburgring perdeu uma das suas mais famosas pilotos de corrida. Sabine Schmitz faleceu demasiado cedo após doença prolongada. Sentiremos a sua falta e da sua natureza animada. Descansa em paz, Sabine."

Sabine Schmitz ficou conhecida por ser a primeira e única mulher a vencer as 24 horas de Nurburgring. Um feito que conseguiu por duas vezes (1996 e 1997) e que lhe valeu a alcunha de rainha de Nurburgring. Esta era apenas uma das alcunhas.

Dona de uma empresa de transporte particulares, também foi a primeira a vencer qualquer competição automobilística com duração de um dia.

Sabine praticamente nasceu na pista alemã. A sua família era dona do restaurante Pistenklause e morava no hotel em Tiegarten, ambos localizados dentro do complexo Nürburgring Nordschleife e por isso tanto ela como as duas irmãs foram seduzida pelo automobilísmo, mas só ela se destacou.

Adorava tanto as curvas da pista alemã que criou um sistema de táxi para que qualquer pessoa pudesse dar uma volta no circuito com ela. Conhecido como "Ring Taxi", o serviço utilizava um BMW M5 e por isso também ficou conhecida como "a motorista de taxi mais rápida do mundo".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG