Morreu o judoca Toshihiko Kuga, japonês que foi ouro nos Jogos Olímpicos de 1992

Koga foi uma celebridade no Japão, onde o seu estilo de competição foi sempre muito apreciado. Para muitos observadores, foi o judoca que melhor executou o "ippon seoi nage", técnica na qual atira o adversário por cima do ombro.

O judoca japonês Toshihiko Koga, que ganhou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Barcelona de 1992 na categoria de menos 71 quilos, morreu esta quarta-feira aos 53 anos, noticiaram meios de comunicação japoneses.

Koga tinha sido submetido no ano passado a uma cirurgia e estava a receber tratamento médico oncológico, informou a emissora pública japonesa NHK.

Nascido em 1967 na província de Fukuoka (sudoeste), Koga começou a frequentar a prestigiada escola de judo Kodogakusha, em Tóquio, logo após a escola primária.

Ganhou títulos nacionais consecutivos na juventude e levou o bronze no campeonato mundial de Essen, no ano anterior à estreia olímpica em Seul 1988, onde foi eliminado na terceira volta.

Depois de conquistar o ouro nos campeonatos do mundo de 1989 e 1991, foi capitão da equipa masculina japonesa nos Jogos Olímpicos de Barcelona 1992, onde ganhou a medalha de ouro, na categoria de menos 71 quilos (kg), apesar de uma lesão no joelho.

Depois de se reformar brevemente, regressou para competir na categoria de menos 78kg e ganhou a medalha de ouro no campeonato mundial de 1995 em Chiba (Japão) e nos Jogos Olímpicos de Atlanta de 1996.

A reforma definitiva aconteceu em 2000 e tornou-se treinador feminino antes de fundar a própria escola de judo, onde treinou a judoca Ayumi Tanimoto, medalha de ouro na categoria de -63kg nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004 e de Pequim 2008.

Koga foi uma celebridade no Japão, onde o seu estilo de competição foi sempre muito apreciado. Para muitos observadores, foi o judoca que melhor executou o "ippon seoi nage", técnica na qual atira o adversário por cima do ombro.

Devido à plasticidade e competitividade, Koga foi apelidado no Japão como o "Sanshiro da era Heisei (1989-2019)" em homenagem ao protagonista judoca do famoso romance "Sugata Sanshiro", cuja adaptação cinematográfica (que em inglês se intitulava "The Legend of the Great Judo") foi a estreia do célebre realizador Akira Kurosawa em 1943.

Em conferência de imprensa, esta manhã, o porta-voz do Governo japonês, Katsunobu Kato, lamentou a morte de Koga e destacou as conquistas do atleta, tal como o ouro em Barcelona e "a contribuição para a formação de jovens gerações no judo".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG