Morreu o jogador do Alverca Alex Apolinário

Alex Apolinário, 24 anos, caiu inanimado em campo no fim de semana. Morreu esta quinta-feira, confirmou o clube.

O Futebol Clube de Alverca informou, esta quinta-feira, que morreu Alex Apolinário, o jogador que sofreu uma paragem cardiorrespiratória no passado domingo, no jogo frente ao União de Almeirim, da 10.ª jornada do Campeonato de Portugal de futebol.

"Com profundo pesar comunicamos, de acordo com as informações prestadas pelo corpo médico do Hospital de Vila Franca de Xira, o falecimento por morte cerebral do nosso atleta Alex Sandro dos Santos Apolinário, esta manhã. O FC Alverca Futebol SAD prestará todo o apoio necessário a seus familiares", refere uma nota publicada pelo Futebol Clube de Alverca nas redes sociais.

O Alverca acrescenta que todas as atividades do clube estão canceladas "neste momento de luto".

No domingo, Alex Apolinário sofreu uma paragem cardiorrespiratória durante o jogo entre Alverca e União de Almeirim, a contar para a 10.ª jornada da Série F do Campeonato de Portugal, que acabou por ser interrompido.

O jogador brasileiro caiu inanimado, ao minuto 27 do jogo, quando se deslocava no campo do Complexo Desportivo do Futebol Clube de Alverca, sem que estivesse a disputar qualquer lance.

Alertado para o sucedido por vários jogadores, o árbitro Gonçalo Carreira, de Leiria, interrompeu a partida e as equipas médicas entraram de imediato em campo.

Alex Apolinário foi transportado para o Hospital de Vila Franca de Xira pelos bombeiros de Alverca, que realizaram manobras de reanimação ainda no relvado.

O jogador, de 24 anos, chegou ao futebol português em 2018/2019 para alinhar pelo Alverca, após ter representado o Cruzeiro e o Atlético Paranaense no Brasil.

Presidente da FPF lamenta profundamente morte

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, lamentou "profundamente" a morte do médio brasileiro do Alverca Alex Apolinário, aos 24 anos, após paragem cardiorrespiratória no jogo frente ao União de Almeirim, no domingo.

"Lamento profundamente a morte, esta quinta-feira, de Alex Apolinário, futebolista do FC Alverca, de apenas 24 anos, na sequência de uma paragem cardiorrespiratória durante um encontro do Campeonato de Portugal", lê-se na mensagem de condolências do líder federativo.

"Numa época tão difícil e em que o futebol tem sofrido tantas perdas, torna-se ainda mais incompreensível e injusto ter de aceitar o desaparecimento de um jovem que deveria ter tido pela frente muito mais vida e a oportunidade de continuar a construir a carreira de futebolista pela qual tanto lutou", prosseguiu Fernando Gomes.

O presidente da FPF dirigiu-se, "em nome do futebol português, a todos os familiares, colegas e amigos de Alex Apolinário, assim como ao FC Alverca, clube que honrou", para apresentar os "mais profundos pêsames", numa "hora de enorme dor, sabendo que as palavras pouco podem confortar".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG