Messi vai processar jornal El Mundo por divulgar contrato com o Barcelona

O contrato em causa mostra que o acordo entre Messi e os blaugrana tem um valor astronómico de mais de 555 milhões de euros.

O futebolista argentino Lionel Messi anunciou este domingo que vai processar o jornal espanhol El Mundo, que revelou os valores do contrato assinado com o FC Barcelona, que ascende a 555 milhões de euros por quatro épocas desportivas.

O valor, a cobrar entre 2017/18 e a temporada que finda em junho deste ano, transforma o vínculo entre o 'astro' argentino e os catalães no mais caro da história do desporto, batendo o de Patrick Mahomes com os Kansas City Chiefs de futebol americano, esse de 10 anos.

Segundo a agência noticiosa espanhola EFE, os advogados do futebolista estudam agora "implicar aqueles que dentro do clube acederam ao contrato e o denunciaram" ao jornal.

Também o FC Barcelona respondeu à publicação, que detalhava ainda o valor por rubricas e por cada ano em vigor, ao negar categoricamente ter divulgado o contrato, também eles processando o periódico.

O desagrado com o assunto do momento nos 'culés' uniu ainda os três candidatos à presidência do emblema: Joan Laporta, Victor Font e Toni Freixa.

No final do verão, Messi anunciou ao presidente do clube que queria sair, evocando uma cláusula no contrato que alegadamente lhe permitia rescindir unilateralmente o contrato no final da época, antes de entrar no último ano do contrato, sem ter que pagar os 700 milhões da cláusula de rescisão.

Contudo, o clube considerou que a cláusula já tinha caducado a 10 de junho, apesar de os advogados do jogador entenderem que como a época terminou em agosto por causa da pandemia, ela não poderia ser executada antes do dia 31 de agosto.

No final, o jogador chegou a acordo para ficar no clube.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG