Médicos sem explicação para o que aconteceu com Eriksen

Morten Boesen, clínico da seleção dinamarquesa, revela que os exames realizados ao jogador até ao momento não detetaram qualquer problema.

O médico da seleção dinamarquesa disse este domingo que ainda "não há explicação" para o colapso do médio Christian Eriksen durante o jogo com a Finlândia, a contar para a fase de grupos do Euro 2020.

"Não há explicação até agora", disse o médico Morten Boesen em conferência de imprensa, acrescentando que, até ao momento, todos os testes feitos ao jogador não mostraram qualquer anomalia. "Esse também é um dos motivos de ele ainda estar no hospital", disse o clínico.

A estrela do Inter Milão teve um colapso repentino aos 43 minutos do Dinamarca-Finlândia, tendo ficado imóvel, tendo o staff médico feito manobras de reanimação. Eriksen ficou em campo durante cerca de 15 minutos antes de ser levado para o hospital.

O jogo foi temporariamente suspenso até que surgissem atualizações sobre o estado de saúde de Eriksen, mas foi retomado ao início da noite, após a informação de que o jogador estável e consciente.

Os jogadores da seleção dinamarquesa optaram por continuar o jogo, embora depois o selecionador Kasper Hjulmand tenha lamentado a decisão: "Sinceramente, acho que não devíamos ter entrado em campo." Ainda assim, o técnico admitu que foi o próprio Eriksen que pediu à equipa que continuasse no Europeu: "O Christian quer que continuemos a jogar, por isso vamos continuar. Queremos jogar por ele."

Mais Notícias

Outras Notícias GMG