Leonardo Jardim e Paulo Fonseca candidatos a suceder a Wenger

De acordo com o jornal britânico Telegraph, a posição do atual treinador do Arsenal vai ser revista pela administração do clube. Dois portugueses na extensa lista dos gunners

Segundo o Telegraph, Arsène Wenger poderá deixar o Arsenal no final da temporada, depois de 22 anos no comando técnico do clube do norte de Londres, e a administração dos gunners já planeia a sucessão ao francês, com os portugueses Leonardo Jardim e Paulo Fonseca na extensa lista de candidatos.

A derrota de sábado na final da Taça da Liga diante do Manchester City (0-3), o atual sexto lugar na liga inglesa e a pouco provável qualificação para a Liga dos Campeões - depois de na época passada ter falhado esse objetivo -, apesar do forte investimento no reforço do plantel, deixaram o gaulês com a posição bastante fragilizada.

Além de Jardim e Fonseca, também são candidatos à sucessão nomes como Thierry Henry, Joachim Low, Carlo Ancelotti, Brendan Rodgers e Mikel Arteta. Este último, que é adjunto de Guardiola no Manchester City, e o madeirense que orienta o Monaco, estarão mesmo na pole position.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG