Kritciuk reage a insultos e defende-se: "Podia estar no lugar do Nanu"

Guarda-redes do B SAD utilizou as redes sociais para desejar as melhoras ao defesa do FC Porto e explicou que o lance não teve qualquer maldade."Ninguém é culpado pelo que aconteceu", diz.

Kritciuk, guarda-redes do B SAD que chocou com o defesa portista Nanu no jogo de quinta-feira ente as duas equipas, no Jamor, deixou uma mensagem ao lateral dos dragões através das redes sociais, aproveitando para se defender das críticas e dos muitos comentários insultuosos de que foi alvo na sequência do lance que atirou o portista para o hospital.

"Em primeiro lugar, espero que Nanu esteja bem, que recupere, esteja completamente saudável e volte a estar em campo em breve! Vou rezar por Nanu e pela sua família para que tudo fique bem com ele", começou por escrever, explicando depois como aconteceu o lance.

"Fui intercetar a bola. O Nanu, eu, mais o defesa, avançámos em direção à bola. Gritei que estava a jogar. Se o defesa saísse eu seria o primeiro a chegar à bola e tirava com os punhos (a repetição mostra claramente que os meus punhos estão logo atrás da perna do Bruno). O Nanu viria a bater contra mim e a falta seria a nosso favor (a decisão do árbitro e do VAR de não marcar grande penalidade confirma as minhas palavras). O vídeo mostra isso. Eu não voei na direção do Nanu com as minhas mãos ou punhos, como pode parecer em algumas fotos ou de certos ângulos. Nanu foi contra mim e chocámos de cabeça. Não houve intenção maldosa nas minhas ações, apenas um momento de jogo. E eu poderia estar no lugar do Nanu, mas tive um pouco mais de sorte", considerou

"Escrevi isto para impedir comentários negativos. Embora eu entenda que é assim que as pessoas expressam o seu amor pelo clube e preocupação com o jogador. Ninguém é culpado pelo que aconteceu. É um desporto. E, para minha grande pena, estas coisas às vezes acontecem! Que Deus conceda a Nanu saúde, paciência e força para sua família! Tudo de bom!", concluiu Kritciuk.

Nanu sofreu "uma concussão cerebral e um traumatismo vértebro-medular com perda de memória". Segundo o FC Porto, "os exames realizados ao guineense no Hospital de São Francisco Xavier não revelaram alterações com gravidade clínica, porém Nanu permanecerá em observação na unidade hospitalar lisboeta".

Um choque de cabeça entre Kritciuk e Nanu ao minuto 84 do jogo entre o B SAD e o FC Porto, no Jamor, esta quinta-feira, gerou grande aflição no relvado, nos bancos e em quem estava a ver o jogo em casa pela televisão. O jogador portista caiu desamparado no relvado e ficou inanimado durante largos minutos.

O jogo retomou depois de quase 15 minutos de paragem, mas os portistas não conseguiram desfazer o empate (0-0).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG