Juan Antonio Pizzi solidário com vítimas de Pedrógão Grande

O selecionado chileno não esquece os tempos que passou em Portugal quando foi avançado do FC Porto

Juan Antonio Pizzi, selecionador do Chile, dirigiu esta terça-feira uma palavra às vítimas do incêndio de Pedrógão Grande durante a conferência de imprensa de antevisão da meia-final da Taça das Confederações. "Quero mandar um abraço de condolências e solidariedade pelas vitimas do último incêndio", disse.

Pizzi foi avançado do FC Porto nos anos 90 e não esquece esses tempos: "Tenho tenho muitos amigos em Portugal. Para mim foi uma grande experiência ter estado num dos melhores clubes do mundo, que é o FC Porto, tanto é assim que uns anos depois de eu lá ter estado venceu a Liga dos Campeões. Não esqueço que estive numa cidade fantástica e com gente maravilhosa", acrescentou, recordando ainda que foi treinado por Fernando Santos: "O seu currículo faz-nos merecer o máximo respeito."

O treinador argentino que treina o Chile revelou ainda ter "um especial carinho" pelo benfiquista Pizzi por usar o seu apelido. "Numa entrevista, há uns anos, a uma rádio espanhola já tinha tido a oportunidade de saudá-lo e amanhã quero voltar a fazê-lo", acrescentou.

Quanto ao jogo com a seleção nacional, amanhã em Kazan, revelou "muita felicidade" por ter alcançado as meias-finais da Taça das Confederações. "Queremos fazer os maiores esforços possíveis para chegar à final e para isso estamos bem preparados", disse, recusando a ideia de haver uma equipa favorita, afinal, "ambas tem argumentos para conseguir chegar à final".

Uma das preocupações de Juan Antonio Pizzi é Cristiano Ronaldo, embora tenha dito que costuma "avaliar o adversário em todos os fatores", embora tenha reconhecido que "Ronaldo faz parte da equipa portuguesa, pelo que é preciso ter cuidado com ele e com as muitas virtudes que tem". Ainda assim deixou a certeza que não fará marcações especiais a CR7: "Não faremos nada de especial, apenas o mesmo que fazemos com outras equipas."

Mais Notícias

Outras Notícias GMG