Jogador de vólei venezuelano morre aos 25 anos

O capitão da seleção da Venezuela foi internado na quinta-feira com febre alta e piorou durante a noite

O voleibolista Kervin Piñerúa, capitão da seleção da Venezuela e que representava o Afyon Belediyesi SK, morreu esta sexta-feira na sequência de uma paragem cardíaca, anunciou o clube turco na rede social Twitter.

Kervin Martin Piñerúa Urbina, de 25 anos, natural de Caracas, que atuava na posição de oposto, foi internado quinta-feira com febre alta e piorou durante a noite, vindo a falecer às primeiras horas da madrugada desta sexta-feira.

"A nossa dor é infinita. Apresentamos as nossas condolências à família e à comunidade desportiva", refere o clube Afyon Belediyesi SK no comunicado divulgado na sua página Twitter.

Segundo a imprensa turca, a causa de morte de Kervin Piñerúa ainda não é conhecida e pode estar ligada, de acordo com os médicos que o observaram, a uma infeção por um vírus.

O oposto Kervin Piñerúa chegou com 18 anos à seleção principal da Venezuela, da qual era o seu capitão, e antes de embarcar para a aventura europeia nos turcos do Afyon Belediyesi SK representava os Vikings Miranda.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG