Jesus garante presença de Luisão no banco do Benfica frente ao Portimonense

O diretor para o futebol do Benfica, Luisão, vai voltar a marcar presença no banco de suplentes do Benfica na terça-feira, no desafio frente ao Portimonense, garantiu esta segunda-feira o treinador Jorge Jesus.

Questionado sobre a intervenção do seu antigo jogador junto da equipa, ainda no relvado, logo após a derrota com o FC Porto (2-0) na Supertaça, o técnico sublinhou que o Benfica tem "uma estrutura que toda ela sabe o que tem de fazer" e adiantou que o antigo jogador vai voltar o ocupar o lugar do diretor-geral, Tiago Pinto, infetado com covid-19.

"O Luisão foi para o banco porque o Rui Costa entendeu, não estando o Tiago Pinto no banco, convidar o Luisão. Não quer dizer que vá continuar, porque essa não é a posição dele, mas o que temos estipulado é que ele, amanhã [terça-feira], vai para o banco", assegurou Jorge Jesus em conferência de imprensa, presenciada pelo próprio Rui Costa.

Sobre a partida frente ao Portimonense, o técnico admitiu que a vitória "é importantíssima" para que o Benfica possa "continuar colado ao primeiro classificado" e assumiu que o grande objetivo da equipa é "recuperar" o primeiro lugar, onde já esteve "durante cinco jornadas".

"O que eu quero é que o Benfica volte a jogar ao nível que começámos a jogar. Começámos muito fortes, por isso é que o Benfica teve sete vitórias consecutivas. Se voltarmos a esses patamares e os elevarmos, vamos jogar mais, vamos ficar mais fortes e vamos recuperar a posição que nós queremos, que é o primeiro lugar", delineou o técnico.

Ainda sobre a qualidade do jogo da equipa, Jesus referiu que a 'nota artística', agora, "não é muito importante", devido à ausência de adeptos nas bancadas, mas assegurou que o grupo está "a trabalhar para isso", apesar de reforçar que não se deve colocar "um sentido tão negativo" nas prestações do Benfica, que, lembrou, "é o segundo classificado".

"O que posso dizer é que queremos jogar melhor do que temos vindo a jogar nestas últimas jornadas", disse Jesus, reforçando, porém, que "o Benfica está em segundo lugar no campeonato, e só há um à frente, que é o Sporting", e que há "muito tempo para voltar àquele futebol".

Sobre a reabertura do mercado de transferências, em janeiro, Jesus recusou comentar as notícias que dão conta do interesse do Benfica em Willian Arão (Flamengo) e William Carvalho (Betis) e lembrou que o que precisa é de "rentabilizar" os jogadores daquela posição que trabalham consigo, tais como Julian Weigl, que o técnico entende que "tem vindo a melhorar".

"Não é com bola, que ele [Julian Weigl], com bola, é um jogador de nível alto, mas estou a tentar incutir-lhe mais agressividade. Tem a ver com posicionamento, pressão e várias situações que estamos a tentar passar-lhe", especificou o técnico.

O Benfica recebe o Portimonense na terça-feira, às 18:00, em partida da 11.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG