Jesus diz que palavras de Varandas "desvalorizam título do Sporting"

O treinador do Benfica não poupou críticas ao discurso do presidente leonino na Câmara de Lisboa.

Jorge Jesus, treinador do Benfica, disse este sábado que as palavras de Frederico Varandas, durante a receção da Câmara Municipal de Lisboa aos novos campeões nacionais, desvalorizaram o título do Sporting.

Questionado sobre se se sentia atingido pela afirmação do presidente do Sporting, quando disse que "para uns, não venceram porque foi o único clube do mundo a sofrer com a covid-19", o técnico encarnado lembrou que "nestes momentos o importante é valorizar quem ganha e não falar dos rivais".

"O Sporting ganhou porque mereceu ganhar, porque justificou que é melhor e acho que isso foi uma forma de desvalorizar o título do Sporting. Desvalorizar. Não é valorizar. Desvalorizar", frisou Jorge Jesus a concluir a sua intervenção, no Seixal, na conferência de imprensa de antevisão da final da Taça de Portugal.

Na quinta-feira, o dirigente leonino agradeceu a dureza dentro de campo e a dificuldade que os dois rivais (FC Porto e Benfica) puseram na conquista do conjunto verde e branco, que foi "obrigado a superar-se a cada jornada e a bater recordes atrás de recordes".

No entanto, deixou críticas ao discurso de águias e dragões ao longo da época que culminou com a conquista do título pelo Sporting, colocando fim a um jejum de 19 anos dos leões no que diz respeito à principal competição nacional.

"Cada clube tem a sua estratégia de comunicação e é legítimo. Para uns, não venceram porque foi o único clube do mundo a sofrer com a covid-19. Outro, porque tiveram apenas 16 penáltis. Mas todos eles sabem que o Sporting venceu por ter sido o mais competente", atirou Frederico Varandas.

Jorge Jesus e Frederico Varandas trabalharam juntos no Sporting, aquando da passagem do técnico pelos 'leões', entre 2015 e 2018, altura em que o atual presidente 'verde e branco' exercia as funções de diretor clínico do clube.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG