Guardiola igualou um recorde de Jorge Jesus

Treinador do Manchester City foi expulso ao intervalo do jogo com o Liverpool

A eliminação do Manchester City nos quartos de final da Liga dos Campeões foi um rude golpe para Pep Guardiola, que continua sem conseguir vencer a principal competição europeia de clubes desde que deixou o Barcelona.

Na derrota de terça-feira, frente ao Liverpool, o técnico espanhol também igualou um recorde da Champions que o coloca ao lado do atual técnico do Sporting Jorge Jesus e de Jorge Sampaoli, selecionador argentino. Um recorde de que por certo não se orgulhará muito: o de expulsões.

Ao ser mandado para a bancada, de onde viu toda a segunda parte, após protestar veementemente com o árbitro espanhol Mateu Lahoz , Guardiola somou a segunda expulsão em jogos da Liga dos Campeões - já tinha sido expulso num Barcelona-Bayern, em 2009, então pelo ex-árbitro inglês Howard Webb.

No final da partida com o Liverpool, Guardiola comentou a sua expulsão voltando a atirar-se ao juiz espanhol: "Já o conheço bem, gosta de ser diferente. É 'especial'. Só lhe disse que era penálti e que era golo [em dois lances da primeira parte]."

Ora, segundo a conta de Twitter Mister Chip, só outros dois treinadores somaram duas expulsões na prova: Jorge Jesus e Jorge Sampaoli.

Jesus foi expulso no Basileia-Benfica de 2011-12 e no Real Madrid-Sporting de 2016-17. Sampaoli conseguiu igualar o feito negativo numa única temporada, 2016-17, quando treinou o Sevilha (em jogos contra a Juventus e contra o Leicester).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG