Gastão Elias perde final do challenger de Barletta

O tenista português, primeiro cabeça de série do torneio, foi este domingo derrotado na final do challenger (segundo escalão no ténis mundial) italiano, ao perder com o britânico Aljaz Bedene, atual 76.º no circuito.

Bedene superiorizou-se ao número dois português, 97.º da hierarquia, pelos parciais de 7-6 (7-4) e 6-3, em duas horas e oito minutos.

"Foi um jogo que se complicou logo desde início. Comecei um pouco nervoso e cometi alguns erros e ele passou para a frente do marcador muito rapidamente. Consegui dar bem a volta e joguei a um grande nível até ao final do set. No tie break ele foi mais forte, tivemos um ou dois pontos longos em que ele levou a melhor e segurou bem a vantagem", começou por dizer Gastão Elias à agência Lusa.

Sobre o segundo parcial, Gastão Elias admitiu que começou "um pouco de ânimo baixo", tendo sofrido um 'break' lodo de entrada.

"Mais uma vez, reagi muito bem e consegui voltar bem ao jogo. Fiz um ou outro erro no segundo set em momentos que não podia e a diferença esteva num break, concluiu o tenista português.

Esta foi a segunda vez que os dois jogadores se cruzaram no circuito. A primeira aconteceu em 2012, no ATP Challenger Tour Finals, no Brasil, com a vitória a sorrir também ao britânico.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG