Um "tomba gigantes", duas equipas da I Liga eliminadas

Nacional e Belenenses são as únicas equipas da I Liga que falharam o apuramento para a quarta eliminatória da Taça de Portugal. Restam 10 equipas da II Liga e oito do Campeonato Nacional de Seniores.

O Santa Maria, equipa que alinha no Campeonato Nacional de Seniores, protagonizou neste domingo a maior surpresa da terceira eliminatória da Taça de Portugal em futebol, ao eliminar o Nacional, impondo-se por 1-0 ao quarto classificado da I Liga.

O Nacional foi uma das duas únicas equipas do primeiro escalão a tombar na primeira ronda em que participaram equipas da divisão principal, em conjunto com o Belenenses, ainda que os lisboetas tenham sido afastados por outro primodivisionário, a Académica, no desempate por grandes penalidades.

Quarto classificado no campeonato principal, o Nacional foi incapaz de ultrapassar uma equipa que alinha no terceiro escalão, sendo surpreendido pelo golo marcado por Telmo, aos 37 minutos, e esbarrando sempre no guarda-redes Fábio Pereira.

O Olhanense, 13.º posicionado na I Liga, também encontrou muita resistência no reduto do Lusitano Vildemoínhos, do terceiro escalão, impondo-se por tangencial 2-1, mas os restantes primodivisionários não tiveram dificuldade em seguir para a quarta ronda, em especial o Sporting, que alcançou a maior goleada da jornada, por 8-1, na receção ao Alba.

O colombiano Fredy Montero voltou a ser protagonista, ao marcar um "hat-trick", aos 31, 57 e 89 minutos, mas Wilson Eduardo (16), Rojo (20), Capel (59), Vítor (67) e Slimani (86) também "faturaram", com o tento de Carlos Santos, aos 73, a servir apenas para amenizar a derrota da equipa nos campeonatos distritais.

O Vitória de Setúbal esteve a perder na receção ao Alcanenense, do Campeonato Nacional de Seniores, na sequência do golo de Diego Zílio, aos 11 minutos, mas deu a volta ainda antes do intervalo, graças ao "bis" de Cohene (33 e 45+1), tendo Miguel Pedro, aos 74, fixado o 3-1 final.

Como o Piense foi goleado em Fafe, por 6-0, a prova ficou sem representantes dos distritais, mas conta ainda com várias equipas do terceiro escalão, entre as quais o Cova da Piedade, a única outra equipa que conseguiu afastar um adversário de divisão superior, o "secundário" Portimonense, batido no desempate por grandes penalidades.

A "lotaria" dos penáltis também sorriu à Académica na visita ao Restelo, depois do empate 2-2 no fim do prolongamento, materializado com golos de Fredy (39 e 70, na marcação de um castigo máximo), para o Belenenses, e de Diakité (50, na própria baliza) e Fernando Alexandre (62) para os visitantes.

As restantes equipas da Liga principal que atuaram hoje obtiveram vitórias tranquilas perante adversários mais modestos: o Gil Vicente goleou por 5-0 o Caldas, o Arouca e o Rio impuseram-se por robustos 4-1 e 3-0 nos estádios do Varzim e do Esperança Lagos, respetivamente, e o Marítimo venceu por 3-1 na receção ao Freamunde.

Sábado, na primeira parte da terceira ronda, qualificaram-se Benfica, FC Porto, Sporting de Braga, Paços de Ferreira, Estoril-Praia e o detentor Vitória da Guimarães, da I Liga, bem como Beira-Mar, Penafiel, Desportivo das Aves, Leixões e Sporting da Covilhã, todos da II Liga.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG