Penafiel: reintegração de Vizela e Gondomar seria "erro primário"

O director desportivo do Penafiel, que, juntamente com o Carregado, falhou a subida à Liga de Honra de futebol, considerou hoje que a reintegração de Vizela e Gondomar nesta competição "não faz sentido" e concretizaria "um erro primário".

Em declarações à Agência Lusa, Bebiano Gomes assumiu um eventual convite ao clube penafidelense como "uma questão de justiça".

A reintegração de Vizela, despromovido administrativamente, e Gondomar, que além do castigo também desceu desportivamente, na Liga de Honra de futebol é um cenário que a Liga está a ponderar para completar a competição na época 2009/10, disse à Agência Lusa uma fonte ligada ao processo.

"Não faz sentido. Tenho quase a certeza que não vão ser repescados, porque os dois foram castigados por corrupção. Seria um contra-senso e um erro primário da Liga. Penso que o cenário mais realista será o convite ao Penafiel e ao Carregado, até porque não faz qualquer sentido ponderar uma Liga de Honra com 14 clubes, tendo em conta que as obrigações fiscais, dos vencimentos e da Segurança Social são válidas durante nove meses e assim a competição deveria durar menos tempo", frisou Bebiano Gomes.

Para o dirigente do Penafiel, que terminou na primeira posição da série B da II Divisão e foi batido pelo Chaves no "play-off", esta hipótese só "será viável se a Liga disponibilizar apoios aos clubes que vão sair prejudicados".

Bebiano Gomes reiterou que o clube "está preparado" para cumprir as exigências da Liga.

"Desde que foi conhecido o desfecho deste processo, o Penafiel preparou-se para a eventualidade de ser convidado para integrar a Liga de Honra, no sentido de não atrasar o início do campeonato, por isso, estamos prontos. Se a Liga nos avisar de manhã, à tarde faremos a nossa inscrição", sublinhou.

A mesma fonte ligada ao processo admitiu que, além da reintegração de Vizela e Gondomar, existe a possibilidade desta competição ser disputada apenas com 14 equipas ou de Penafiel e Carregado serem promovidos ao segundo escalão profissional, para completar os 16 clubes e SAD inscritas e juntarem-se aos já confirmados Fátima e Desportivo de Chaves, que garantiram desportivamente o seu lugar.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG