Olhanense eliminado pelo Sp. Covilhã

Depois de uma derrota fora, por 1-0, a equipa de Olhão, já orientada por Paulo Alves, não foi além de um empate a duas bolas na receção ao Sp. Covilhã, culminando assim com a sua eliminação da Taça da Liga.

O Olhanense aspirava a seguir em frente na competição, mas foram os visitantes a adiantar-se no marcador, já no final da primeira parte, por Edgar.

Mais golos só perto do final da partida, com Luís Filipe a repor a igualdade no jogo (81'), mas quatro minutos passados o Sp. Covilhã adianta-se de novo no marcador, por Kakuba, deitando por terra as aspirações dos homens de Olhão em seguir em frente na Taça da Liga.

No minuto 90, um auto-golo de Edgar selou o empate final, resultado que deixa o Olhanense fora da competição, no dia da estreia de Paulo Alves, que sucedeu a Abel Xavier.

O Gil Vicente, que na primeira mão não foi além de um empate sem golos, recebeu o Moreirense, atual líder da II Liga, num jogo recheado de golos. Os homens de Barcelos entraram a perder na partida, chegando ao intervalo com 2-0 no marcador, favorável à equipa de Moreira de Cónego, golos de Miguelito e Mendy.

Na segunda parte João Vilela e Brito empataram o jogo, mas o Moreirense voltou a chegar-se à frente por Tarcísio. Foi Paulinho, com um "bis", aos 87' e 90+5', quem deu a qualificação ao Gil Vicente, fechando o jogo com a vitória caseira, por 4-3.

O Belenenses, também com um nulo na primeira mão, recebeu e bateu o Santa Clara, por 1-0. O golo solitário foi apontado por Nik, aos 76 minutos.

O Marítimo trazia na bagagem um triunfo, por 2-0, na primeira mão e limitou-se a controlar o jogo e conservar a vantagem. Num jogo com pouca história, as duas equipas não foram além de um empate sem golos.

Sp. Covilhã, Gil Vicente, Belenenses e Marítimo juntam-se assim ao Beira-Mar, equipa que eliminou o Arouca, na próxima fase da competição.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG