Jorge Costa vê "play-off" como a Liga dos Campeões

O treinador do Paços de Ferreira, Jorge Costa, disse encarar o "play-off" com o secundário Desportivo das Aves por uma vaga na I Liga de futebol de 2014/15 como uma final da Liga dos Campeões.

"Estes dois jogos representam para nós uma final da Liga dos Campeões e, se formos felizes, festejaremos com a mesma alegria com que o paços fretejou o terceiro lugar na época passada", disse Jorge em conferência de imprensa.

Na antevisão ao primeiro jogo da "liguilha", na sexta-feira, nas Vila das Aves, o técnico pacense deu conta de estados anímicos diferentes, insistindo na ideia de que "não são as mesmas sensações".

"Uma (equipa) luta para não descer e a outra para subir, mas o produto final é idêntico. Há uma diferença importante, a Liga é nossa e alguém nos quer tirar, pelo que temos de defender o que é nosso até às últimas forças ", referiu.

Depois de fechar o campeonato com uma derrota pesada (4-2), na receção à Académica, Jorge Costa disse ter analisado essa "jogo atípico", defendendo que os jogadores do Paços têm de ser "mais concentrados para não repetir os mesmos erros", numa referência à eficácia dos "estudantes", por oposição à prestação pacense.

"(Em relação ao último jogo) Quero mudar o resultado final, sem grandes alterações na equipa", sublinhou.

O técnico pacense destacou também a vontade dos seus jogadores para este "play-off", conscientes da importância que o mesmo representa para o clube.

"Contrariamente ao que se poderia esperar, sinto os jogadores libertos, com vontade de jogar e emocionalmente equilibrados. Há um pouco de ansiedade que o jogo comece, mas isso também é natural", acrescentou.

Jorge Costa deixou ainda elogios ao adversário, lembrando que "o Aves realizou um bom campeonato", é "uma equipa que gosta de jogar futebol" e "valoriza a posse de bola", acreditando que "vão ser dois jogos muito equilibrados".

O Desportivo das Aves, terceiro elegível da II Liga, recebe o Paços de Ferreira, 15.º da principal liga portuguesa de futebol, na sexta-feira, às 20:15, num jogo com arbitragem de Hugo Miguel, de Lisboa.

Mais Notícias